0
  • No products in the cart.
AlimentaçãoTreinos

Catabolismo Muscular: você sabe o que é?

academia-catabalismo-muscular-treino

Quem aqui já tentou “compensar” um período sem ir na academia ou de muito estresse treinando pesado e sem intervalos? Some isso a uma rotina intensa, com alimentação inadequada e noites mal dormidas… Opa, pode parar! Ao invés de beneficiar seu corpo, essa combinação pode ter efeito contrário e ocasionar um processo de desgaste das células e de perda de massa muscular, chamado catabolismo muscular.

Quando o corpo entra no processo de catabolismo muscular, ele usa as fibras musculares para obter energia – por isso, você perde massa magra e não gordura! Se você está emagrecendo, mas seu porcentual de gordura não diminui, fique atenta porque essa pode ser a causa.

Mas como resolver o problema? Segundo a equipe da Academia Bio Ritmo, um dos principais motivos para o catabolismo muscular é alimentação desbalanceada. Quando não repomos os nutrientes que o corpo perdeu durante o treino, o organismo acaba utilizando suas próprias reservas e tecidos na tentativa de repor o que foi gasto.

O ideal é conversar com um nutricionista ou nutrólogo para que você seja orientada sobre as melhores opções de alimentação antes e depois dos treinos, de acordo com a sua rotina e as suas necessidades energéticas. De modo geral, valem aquelas dicas que são nossas velhas conhecidas: não fique muito tempo sem comer, evitando treinar em jejum. Carboidratos, em especial os de baixo índice glicêmico, ajudam a sustentar o corpo durante os exercícios físicos e garantem mais energia. Inclua também proteínas, verduras e frutas no cardápio, com destaque para as ricas em vitamina C. Evite bebidas alcoólicas. E, claro, beba muita água!

Dependendo da duração das sessões (se excederem uma hora, por exemplo) e da intensidade, talvez você também tenha que ingerir algum alimento ou suplemento durante os exercícios. Sim, na academia! Da mesma forma que usamos um gel de carboidrato naquele longão de fim de semana, sabe? Mas tenha em mente que nem sempre um treino longo de musculação é o mais eficaz. Conte com o auxílio de um profissional de educação física para preparar uma rotina de treinamento adequada para você. 😉

Estresse e falta de sono são outros fatores que podem desencadear o catabolismo muscular. Como sempre falamos aqui, o descanso também é parte dos treinos – e um descanso com qualidade, para que você se sinta renovada e com as energias recarregadas. Cumpra os “day offs” da sua planilha, conforme as orientações do seu treinador.

Faça intervalos entre os treinos e respeite seus limites físicos. E, em caso de dúvidas, sempre procure um especialista.

Bons treinos, mulherada!

post_parceiros_BR_2015

Ju Vargas
o autorJu Vargas
A Ju é fã das curtas distâncias e adora participar de provas diferentes. Agora, ela está se preparando para completar sua segunda meia maratona em junho, no Rio de Janeiro (RJ).

Deixe uma resposta