Vocês já conhecem a Marilia Mitie, do @correinterior, dessa vez ela correa a prova Girls On The Route e hoje conta para gente como foi a sua experiência de correr 21k na prova

***

Oi corredoras,

Tudo bom? Hoje para variar um pouco vim falar de corrida . Esse final de semana participei da Girls on the Route (a Aline do Corre já tinha participado dessa corrida no ano passado). Devorei o post para ir super preparada para corrida, porém esse ano eles mudaram o trajeto, ou seja o plano foi por água abaixo.
Como sou do interior, fui para São Paulo no sábado para retirar o kit na Centauro do shopping Vila Olímpia. Logo que cheguei na loja, fui surpreendida com o treino que a Cau Saad estava promovendo, porém eu me perdi no shopping e só cheguei para o final do treino.

Retirada do Kit

Kit da Corrida

No domingo (dia da corrida), amanheceu cinzento e pedindo para ficar na cama. Reuni toda a minha força e fui para o Ibirapuera, cheguei no local da largada com uma hora de antecedência, pois sou ansiosa e adoro acompanhar a bagunça.

Bagunça antes da corrida

 

 

A largada foi dada pontualmente às 7:00 hs da manhã, comigo largaram todas as meninas que correria 5, 10 e 21 kms. Durante a largada estava caindo uma chuva fina que nos seguiria durante toda a corrida.

Nos kms 1, 8 e 3,6 tinham pontos de hidratação (Como prometia o folder do percurso) e no km 5 tinha isotônico.

Como fiz 21 kms tive que dar 4 voltas no circuito, o ponto positivo é que conhecíamos o percurso logo de cara, o que nos ajudava para as voltas posteriores. Sem contar que em cada volta era uma amizade diferente.

Depois da corrida, encontrei com o meu marido parceiro de todas horas que ainda teve paciência tirar uma foto minha com o joy (o dog mais lindo).

A Corrida da Leitora é um espaço para compartilhar histórias, conquistas, superações, dicas e muito mais! Quer participar? Preencha o formulário e entraremos em contato.

Lá em 2015, nós conhecemos o SpeedForm Gemini da Under Armour, nos apaixonamos por ele, se tornou o meu queridinho e o da Mari. No ano passado a marca lançou sua segunda versão e hoje vamos contar um pouco sobre este modelo.

Beleza e Design

Em relação ao modelo anterior, não teve variação de design. O que mudou mesmo, foram as cores, o que eu tenho é o azul claro com solado preto e logo em rosa. Achei muito legal está cor para o modelo feminino, pois foge do rosa/roxo.

Conforto e Amortecimento

Para mim, o conforto do tênis é na medida certa. Eu gosto de tênis que acomodam bem pé, tem um bom espaço interno, não aperta e nem é largo demais. Dá para correr sem meia tranquilamente, não machuca o pé.

O meu único comentário, é em relação à numeração do tênis: é legal experimentar. O meu Gemini 1 é 39, já este é 38. Para mim, não fez diferença, mas se você gosta de tênis um pouco maiores, dê uma olhada na tabela de medidas da marca para saber sua numeração correta.

Peso

O tênis pesa 240g no tamanho 36. Lembrando que esse peso varia com a numeração.

Tecnologias

SpeedForm: cabedal respirável, leve e repelente à água.

Micro G: espuma leve que contribui para o retorno de energia e impulsiona a próxima passada para maior velocidade e alcance.

Charged Cushioning: amortecimento extra garantido que proporciona maior proteção contra o impacto e resposta rápida.

Custo x Benefício

Por ser um modelo que já não está entre os lançamentos, é possível encontrar por preços bem competitivos, na faixa de R$ 320,00. Vale o pagar o preço para ter um tênis muito bom.

Opinião Geral

Eu continuo gostando muito do modelo e está entre os meus favoritos, é um tênis que se adapta a curtas e longas distâncias. E por já terem lançado a versão 2.1 e também a versão 3 que é bem diferente das anteriores, o preço está legal e acho que vale o investimento.