0
  • No products in the cart.
Provas

Última corrida: Circuito das Estações 2016 – Etapa Inverno São Paulo

Selfie com o Cris, do @popcornrunbr

Neste domingo, rolou a etapa Inverno do Circuito das Estações aqui em São Paulo, uma prova bem tradicional e que tem corridas em diversas cidades brasileiras. Como nos anos anteriores, era possível correr 5k, 10k ou… a grande novidade! 16k 😀

Participei dessa prova duas vezes no ano passado (etapas Primavera e Verão) e estava com uma preguicinha de repetir o mesmo trecho nos 10k, confesso. Quando soube que teria 16k, mudou tudo: fiquei animada para ver como seria o novo percurso e também para saber como eu me sairia em uma prova de 10 milhas. Uma coisa é fazer novas distâncias nos treinos, outra bem diferente é participar de uma prova; parece que a “responsa” é maior, né? 😉

estacoes-inverno-sp-2016-percurso
Percurso da prova para os 16k em São Paulo

Só que na época em que pensei em correr o Circuito das Estações, não sabia que teria um mês tão atrapalhado pela frente, com uma viagem de trabalho na semana anterior à prova! Cheguei no sábado de madrugada, tive um dia supercorrido, com diversos compromissos, e pensei sim em desistir de correr, ou pelo menos mudar para um percurso menor. No domingo, porém, acordei com o maior pique da vida e uma vontade louca de colocar o tênis, hahahaha… Acho que tava com saudade depois da semana atribulada!

Até o km 8, corri lado a lado com meu marido em um ritmo legal. Essa foi a parte mais difícil do percurso, com as subidas e descidas mais íngremes. Só que comecei a sentir a lombar e achei melhor deixar o César seguir em frente, enquanto eu baixava o pace para um ritmo mais tranquilo e confortável para mim.

O Minhocão ficou para a segunda metade, e se antes ele era uma parte meio “chatinha” de correr, dessa vez achei bem sossegado, hahahahaha… 😉 Nada como ter uma referência diferente para comparar!

Eu tava toda concentrada perto do km 11 quando… Surpresa! Minha prima, que já tinha feito a curva do Minhocão e estava voltando, correu para o meu lado da pista (de quem ainda estava indo) só para me acompanhar. Na hora falei: “Tata, volta pro seu lado!” e ela: “Não, hoje é treino de distância e não de velocidade, então vou até o final com você”. Sim, ela sabia que eram meus primeiros 16k e acho que sentiu que eu estava precisando de um “apoio moral”. Fofa, né?  Segui com a Sarah nos últimos quilômetros e deu certo! Fiz a prova cinco minutos abaixo do que eu esperava e fiquei feliz demais com o resultado. 🙂

Meus companheiros de prova!
Meus companheiros de prova!

Os pontos de hidratação foram bem distribuídos, apesar de ter apenas água; isotônico, só na chegada. Como das outras vezes, senti falta de banheiros pelo caminho. Não que eu tenha precisado, mas para provas com percursos mais longos esperava ver algum “pipi stop”. Sou muito dramática? rs

Quem fez 16k teve uma surpresa no final: uma medalha diferente, maior e com o 16k escrito em cima! 🙂 Imagina, se eu já estava feliz com o resultado da prova, foi ainda mais especial poder ter uma lembrança das minhas primeiras 10 milhas. Adorei o mimo!

Na arena, os corredores podiam se divertir com vários painéis para tirar foto e tendas dos patrocinadores com degustação de produtos. Sempre gosto de fazer esse social pós-prova e conversar com os amigos cheia de endorfina. A energia estava ótima! Valeu a pena sair da cama cedinho no domingo. 😉

Selfie com o Cris, do @popcornrunbr
Selfie pós-prova com o Cris, do @popcornrunbr

Para a etapa Primavera, em setembro, as provas de São Paulo e do Rio terão a opção de 21k. Quem se anima?

Ju Vargas
o autorJu Vargas
A Ju é fã das curtas distâncias e adora participar de provas diferentes. Agora, ela está se preparando para completar sua segunda meia maratona em junho, no Rio de Janeiro (RJ).

2 Comentários

Deixe uma resposta