Você sabia que as doenças cardiovasculares estão no topo da lista das principais causas de morte em todo o planeta? Pois é, no mundo, elas são responsáveis por mais de 17 milhões de vítimas fatais todos os anos. DEZESSETE MILHÕES! :O

Infelizmente, desde 2013 os casos passaram a aumentar na população feminina. 🙁 Segundo o DATASUS (Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde), no Brasil, somente as doenças isquêmicas do coração – aquelas que diminuem o fluxo sanguíneo para o músculo cardíaco – estão associadas a 36% das mortes entre as brasileiras, superando até mesmo a soma dos índices de mortalidade dos tumores de mama e de útero.

Mulherada, é muita coisa, né? Temos que cuidar do nosso coração, um dos órgãos mais importantes do nosso corpo. Cuidando dele você contribuirá para que você viva mais e melhor.

O assunto é tão importante que no dia 14 de agosto, Dia do Cardiologista, a Fundación MAPFRE (uma instituição sem fins lucrativos, com sede na Espanha e atuação em 29 países) lançou a campanha Mulheres pelo Coração para informar e orientar o público feminino sobre os riscos e incentivar mudanças.

Uma das formas de se evitar as doenças cardiovasculares é mudando os hábitos: parando de fumar, praticando atividades físicas e se alimentando saudavelmente. Isso tudo auxiliará a diminuir a obesidade, o sedentarismo, o aumento do colesterol, a hipertensão arterial e a diabetes… que são, juntas com o tabagismo, os fatores de risco.

Aqui no Corre Mulherada, sempre incentivamos vocês a buscar o seu melhor e ter uma vida mais saudável. Por isso, estamos participando da campanha e convidamos a todas para mexer o corpo com a gente e jogar pra bem longe qualquer risco que a gente possa ter de desenvolver alguma doença que afete nosso coração. <3

Abaixo está a programação da campanha, que conta com aulas, corrida e outras ações para nos ajudar a ficar com nosso coração saudável.

27/08 Todas no mesmo ritmo! Venha dançar zumba conosco!

Vamos dançar, nos divertir e afastar os riscos de doenças cardiovasculares.
Onde: vão do Center 3, na Av. Paulista, 2064 – Cerqueira César

 02 e 03/09 Corram, mulheres, corram! Estaremos na tenda da Fundación MAPFRE durante a Corrida Vênus, passem por lá pra gente bater um papo. 😉

A campanha vai atrás das atletas para fazer a saúde do coração chegar em 1º lugar.
Onde: Jockey Club – Av. Lineu de Paula Machado, 1263 – Cidade Jardim – SP

 29 e 30/09 Saúde no prato!

Na sexta-feira e no sábado, as mulheres que passarem pela Estação Tatuapé do metrô paulistano (entre os shoppings Boulevard e Tatuapé) terão acesso a orientações nutricionais gratuitas. Procure o stand, participe e ganhe um brinde!

 11 a 23/10 Olha a saúde!

A campanha estará presente em algumas feiras livres de São Paulo. Os alimentos mais indicados para a mulherada fortalecer o coração estarão indicados. Acompanhem os endereços abaixo e compareçam:

Zona Norte: Rua Afredo Mario Pizzoti, 370 – Vila Guilherme
(Terças feiras);
Zona Sul: Av. Bem-te-vi, 104 – Moema
(Quintas feiras);
Zona Leste: Rua André Vidal, 22 – Tatuapé
(Terças feiras);

Se você não for de São Paulo, acesse o site da campanha e confira todo o material que a Fundación MAPFRE preparou sobre o assunto. Eles capricharam e tem vídeos e também um guia incrível sobre o assunto (gratuito, só clicar, baixar e ler) com muitas dicas, receitas e matérias bem bacanas sobre saúde!

Vamos cuidar da nossa saúde e do nosso coração para vivermos muitas coisas ótimas na corrida e fora dela. 😉 Bora com a gente?

O título do post foi inspirado no que a Ju fez há um tempo atrás. E hoje vim contar um pouco como está minha rotina de treinos, como tenho consigo, ou tentado manter os treinos.

Eu e minhas companheirinhas de sempre <3

Apesar de lermos, conversarmos e falarmos, quando nos tornamos mãe é que realmente sabemos o quanto isso impacta em todas as áreas da vida. É um giro de 360° e muitas vezes a gente acha que as coisas vão começar a engrenar e vem algo que vai lá e lembra que cada dia pode ser uma dia, por mais que você tenha feito um planejamento, adiante as coisas e pense em todas as variáveis.

E ao longos desses 2 anos e 4 meses desde que a Alice nasceu, eu fui aprendendo isso. Depois com a Melissa se intensificou mais e ainda sigo aprendendo muitas coisas e me adaptando. Se elas ainda tem muito a aprender do mundo, eu ainda tenho muito o que aprender na maternidade. Cada fase te exige algo.

Esses primeiros parágrafos, foram para explicar, como acabei internalizando de verdade a frase: feito é melhor que perfeito. Super clichê, mas é verdade. Por muito tempo, eu quis treinar em horários super cedo, fazer um número de treinos x por semana, tentar a todo custo alcançar alguns objetivos e onde eu terminei? Me frustrando, eu já falei no blog sobre isso, neste post.

Após mais um treino

Depois daquele post, segui treinando, mas muitas coisas aconteceram novamente e tive que me reinventar, mais trabalhos, as meninas me pedindo mais atenção e eu não consegui sair para treinar todas vezes que eu queria. Fomos seguindo assim, até que depois de tentar, tentar e tentar encaixar os treinos, eu parei e revi, toda a minha rotina.

Por aqui, as meninas ficam na parte da manhã comigo e vão depois para a escola, eu trabalho na parte da tarde em casa e alguns dias preciso sair. Aos finais de semana, nem sempre é fácil encaixar os treinos, as meninas exigem atenção e fica complicado. E para somar a tudo isso, eu não consigo acordar super cedo ainda, tipo 5 ou 6h, elas ainda acordam algumas noites e assim seguimos, com um cansaço que acho que me acostumei já rs, mas que me impede ainda de levantar muito cedo da cama.

Depois de analisar esses pontos, eu sentei e montei o meu plano. E o resultado foi minha rotina-alvo e a rotina possível. No momento, estou na minha rotina possível, que é correr 3 vezes por semana e alguns dias consigo encaixar a musculação, logo depois que deixo elas na escola. É corrido? Super! Mas é o que tenho conseguido fazer no momento. Vou rapidinho, treino e vamos seguindo assim.

Um degrau de cada vez, sempre!

Estou bem satisfeita que neste último mês, não pulei nenhum treino (VIVA!), embora tenha ajustado alguns dias. Estou bem feliz, que vejo que estou evoluindo novamente na corrida e estou aos poucos caminhando para meu objetivo maior que ainda não tem data definida 100%, mas completarei neste ano!

Para maio, o que eu quero e tenho adiado horrores é começar uma reeducação alimentar e chegar no peso que desejo. Ontem fui na feira e adiantei as refeições da semana, vamos ver como vou me sair, se este mês eu terminar comendo direito, já estarei bem satisfeita. 🙂

E como é por aí? Como vocês equilibram todas as áreas da vida? Compartilhe nos comentários, vamos trocar experiências. 🙂