corrida-625x380

Sempre fui uma garota que amei esportes, mas sem dúvida era muito mais dedicada na minha adolescência, e embora não aparente muito já faz uns 6 anos que saí dela hehe.  Agora, depois de todo esse tempo parada, tento voltar à disciplina de antigamente, e como dizem por aí nunca é tarde para recomeçar. Afinal, com o excesso de trabalho e a fase da faculdade, não há dedicação que resista ao cansaço.

Pois é, foi em uma academia lá atrás, em meados de 2007/2008, que ouvi de um professor de educação física que eu deveria correr inspirando o ar pelo nariz e soltando lentamente pela boca. Ele sempre me dizia que assim era o correto, que isso faria eu me cansar menos e alcançar um resultado melhor nos treinos.  Só que pelo contrário, eu me cansava mais. Não entendia muito o porquê, mas eu me cansava muito mais! Na verdade me preocupava tanto com minha respiração que esquecia de todo o resto. Isso me deixava frustrada e com muita preguiça dos exercícios aeróbicos, e acabava fugindo deles sempre que podia.

Mas agora que estou voltando à rotina de treinos, resolvi ler sobre e conversar com pessoas que entendem do assunto para saber mais sobre respiração. É ótimo trocar ideias com profissionais que pensam diferente e que te dão dicas de como melhorar certos pontos, como a respiração, no meu caso.

Foi em uma dessas conversas de academia com um professor ali, outro acolá, vídeos na internet, dicas em blogs e revistas, que descobri que isso tudo não passa de percepções diferentes. Claro que o correto é inspirar pelo nariz, mas isso não deve ser a base do seu treino, principalmente se você está iniciando uma rotina de treinos assim como eu.

Trabalhar a respiração nos treinos é algo importante. Hoje não vou me aprofundar no assunto, vou deixar isso para um outro dia, mas existem vários tipos de respiração e com certeza em um deles seu corpo se encaixará perfeitamente, e isso te dará resultados incríveis no decorrer do tempo. Mas seu foco inicial dos treinos não deve ser esse, o ideal é você sentir sua necessidade. Por isso aqui vão algumas dicas para te ajudar nesse período:

  • Tente sempre manter o seu natural. Mantenha a respiração que seu corpo pede.
  • Preste atenção na sua respiração quando você estiver fazendo uma corrida moderada, avalie como você respira naturalmente. Não existe certo ou errado, o correto é o que seu corpo necessita.
  • Às vezes a gente pode sentir um incomodo na região lateral do abdômen durante a adaptação aos treinos. Isso pode ser um sinal de que você está correndo em velocidade muito acima do que você é capaz no momento e acaba fazendo muito esforço, ou porque você não está soltando o ar que inspirou totalmente pra fora. A expiração do ar por completo é muito importante. E ela só é feita completamente quando encontramos o nosso ritmo. Então, diminuindo a intensidade da corrida sua respiração com certeza vai fluir melhor.

Há especialistas que dizem que respirar pela boca pode ser um problema, porque não temos os mesmos filtros que o nariz. Porém há outros que dizem que inspirar e expirar pela boca não gera problema algum e que o máximo que pode ocorrer é secura na garganta e nos lábios, um pouco mais de sede, nada mais que isso.

A respiração em atividades físicas é super importante para a boa evolução dos treinos . Mas se você está iniciando, assim como eu, foque em fazê-la o mais naturalmente possível. Falamos mais sobre respiração em breve 😉

corrida-saude

Para correr não é necessário apenas condicionamento físico, é preciso também ter muito foco e concentração. Foco para chegar ao objetivo traçado (o meu é fazer 5k em 30 minutos dentro de 2 meses) e concentração para não deixar que fatores externos atrapalhem seu foco.

Nos meus 2 treinos do início da semana a concentração me trollou totalmente. Na segunda achei que o problema era eu ter enfiado os dois pés na jaca no fim de semana, porém na terça o treino foi tão ruim quanto, e isso me fez refletir. Na terça minha cabeça estava tão no mundo da lua que me peguei correndo toda errada, foi aí que caiu a ficha que o problema estava na falta de concentração.

Para facilitar a concentração na hora do treino, o ideal é prestar atenção nos fatores que envolvem a corrida. Algumas dicas boas para isso: fixar um ponto para olhar (se você estiver na esteira fica mais fácil), estar com roupas e calçados confortáveis, ouvir músicas que te estimulem, prestar atenção na postura e respiração, e claro, limpar a mente de todos os problemas. Isso funciona comigo. E com vocês, o que funciona para manter o foco e a concentração durante a corrida?