NRC pelas ruas de Sampa! (Divulgaçao/Nike)

NRC pelas ruas de Sampa! (Divulgaçao/Nike)

Em agosto, a Nike lançou uma nova versão do seu tradicional aplicativo de corrida e agora em outubro a marca anuncia o novo formato do Nike+ Run Club em São Paulo (SP). São quatro opções de treinos presenciais durante a semana, para todos os perfis de corredores. Nós participamos de cada um deles e contamos para vocês mais detalhes. 😉

Segunda, às 19h34 – Treino dos Calouros 

O Treino dos Calouros, como o nome diz, tem foco nos corredores iniciantes. Se você está começando a correr e quer tirar dúvidas com um treinador ou simplesmente uma motivação extra para continuar na corrida, esse é o treino ideal. Os corredores são divididos em grupos com diferentes ritmos e/ou distâncias, conforme o condicionamento atual. E os pacers da Nike acompanham o tempo todo!

Em São Paulo, o Treino dos Calouros é realizado no Parque do Povo – mas atenção para o ponto de encontro, que não fica dentro do parque e varia conforme o treino. Você pode ver o local certinho na página do treino no site ou no aplicativo. 😉

Treinos com foco em velocidade no Voando Baixo (Divulgação/Nike)

Treinos com foco em velocidade no Voando Baixo (Divulgação/Nike)

Terça, às 19h34 – Voando Baixo 

Esse treino combina velocidade e alta intensidade, e é voltado para quem quer melhorar a performance. Ao chegar no treino, você pode escolher se quer correr Rápido (paces 6), Bem Rápido (paces 5) ou Super-rápido (paces 4 e 3) – dentro de cada uma dessas categorias, os corredores são divididos em grupos conforme seu ritmo nos 5k (por exemplo, no Rápido são 6’00, 6’15, 6’30 e 6’45).

O ponto de encontro do Voando Baixo é na Praça Cidade de Milão (R. Diogo Jácome, 271) e o treino acontece dentro do Parque Ibirapuera. Há também treinos especiais em pista de atletismo. 😀

Quarta, às 19h34 – Corre Junto

O treino Corre Junto é um treino para se divertir correndo sem objetivos grandes de tempo, a pegada desse treino é correr papeando e conhecendo a cidade. Ele sai da Nike Store do Shopping Morumbi (Av. Roque Petroni Junior, 1089 – Piso superior, loja 58) e acontece nas redondezas do shopping.

Há sempre três distâncias e pacers para te acompanhar em cada uma. Como todos os treinos, ele começa com um check-in (chegue sempre 30 minutos antes para fazê-lo com calma) e depois todos se dirigem para uma praça perto do shopping para um alongamento, seguido da corrida e voltam pra essa mesma praça para um alongamento final. No meio do percurso sempre tem água geladinha para refrescar, e na volta pra loja tem isotônico.

É um treino ótimo para quem quer correr e relaxar, ótimo também para quem tá começando.

Sábado, às 7h14 – Longão

O treino longão é a oportunidade de fazer distâncias maiores acompanhado. Ao chegar, você faz o check-in e escolhe qual a distância irá correr: 8k, 12k e 16k. Os grupos são divididos conforme o pace, que varia de 5′ a 6’30”.

O ponto de encontro dos treinos de sábado é na Praça Betione (Av. Diógenes Ribeiro de Lima, 600) e o longão é feito da praça até a USP e dentro da Cidade Universitária. Há pacers para te acompanhar e puxar o ritmo. Como em todos os NRCs também há sempre guarda-volumes para deixar suas coisas. 😉

Como participar

Os treinos da Nike são disputadíssimos, por isso é preciso ficar atenta para a data e o horário de abertura das inscrições para garantir sua vaga. Você pode se cadastrar pelo app (na aba Clube >> Eventos) ou pelo site. Além do apoio do treinador e dos pacers, a Nike oferece toda a estrutura de guarda-volumes, música, água, comidinhas e a oportunidade de testar os tênis da marca. O NRC também tem treinos presenciais de corrida no Rio. A participação é totalmente gratuita.

Os treinos do NRC em São Paulo têm muita animação e são ótimos para motivar (Divulgação/Nike)

Os treinos do NRC em São Paulo têm muita animação e são ótimos para motivar (Divulgação/Nike)

E para quem mora longe?

Quem não mora em São Paulo ou no Rio pode baixar planos gratuitos de corrida em PDF no site da Nike (5k, 10k, 15k, 21k ou 42k) ou usar a função Treinador do aplicativo para ter uma planilha de corrida focada em um objetivo específico e adaptada para o seu ritmo, disponibilidade e condicionamento.

São três opções de plano: Início (para quem está começando ou voltando a correr, com duração de 4 semanas), Fique em Forma (para quem não tem um prova específica em mente, com duração de 8 semanas) e Prepare-se para o Dia da Corrida (planos de 4 a 26 semanas, dependendo da distância a ser percorrida). Você responde um pequeno questionário com volume de treino atual, seu peso e altura e o número de vezes que poderá treinar na semana e o sistema adapta a planilha para você. Os dois últimos planos, aliás, combinam treinos de corrida com os de fortalecimento do app Nike Training Club para que você tenha uma preparação mais completa.

Treinar com app funciona?

Bom, tem vantagens e desvantagens. Veja nosso post Aplicativos de Treino: Modo de Usar para mais detalhes. 😉

No meu último post, falei para vocês sobre minha decisão de melhorar meu tempo em provas curtas antes de me aventurar em percursos mais longos, lembram? Imaginei que algumas de vocês poderiam se identificar com esse objetivo, por isso pedi para o Eduardo Barbosa, treinador de corridas de rua da 4any1 Assessoria Esportiva que acompanha meus treinos, falar um pouco mais sobre como é o treino de corrida para atingir essa meta. 😉

correndo-5k-rapido

Quando pensamos em corrida de rua, os 5k são considerados uma distância curta, por isso perfeita para quem quer encarar o desafio de ser cada vez mais veloz. “Velocidade é a capacidade de realizar ações motoras em um mínimo espaço de tempo sem perder a eficiência do gesto motor”, explica Edu. “No caso da corrida de rua, significa se deslocar na maior distância no menor tempo possível, levando sua massa corporal no espaço.”

Para tanto, temos que melhorar a postura ao correr e fazer uma preparação específica para esse tipo de prova. “Primeiramente, é preciso treinar algumas características de velocidade como, por exemplo, a velocidade de resistência; ou seja, em alta velocidade, manter a mesma postura de corrida sem perder a qualidade de movimento. Por isso, no início da preparação você pode trabalhar os educativos de corrida“, recomenda Edu.

Outra capacidade a ser trabalhada é a velocidade de aceleração, que representa o aumento progressivo da velocidade. “A estratégia a ser usada no treinamento são os tiros de curta distância – 50, 100 e 200 metros – com intensidade forte. O objetivo é melhorar a tolerância ao ácido lático que pode se acumular no músculo causando fadiga e, como consequência, trazer cãibras que impediriam o atleta de aumentar a velocidade durante a corrida forte.”

E não é porque você não vai percorrer longas distâncias que deve deixar o fortalecimento em segundo plano! “Deve-se considerar também que a energia para esse aumento de velocidade vem dos músculos, principalmente de membros inferiores. Nesse caso, um bom trabalho de musculação deve ser realizado em dias alternados aos dos treinos de corrida, visando um aumento da força”, ressalta Edu.

Como vocês podem ver, é um treinamento que requer um acompanhamento especializado, pois quanto antes você corrigir sua postura e alguns “vícios” ao correr, melhor será a sua evolução. “A melhor maneira de otimizar um treinamento de velocidade é conversando com um treinador especialista ou profissional da área de Educação Física para que seja realizada uma avaliação física e a periodização do treino de acordo com suas atuais condições físicas”, lembra Edu.

Além de ser uma boa oportunidade para aprender a correr com mais eficiência, um treino com foco em velocidade e força para as provas de 5k é uma ótima estratégia para melhorar a resistência nas demais distâncias.

Ficou animada para diminuir seu pace? Esse pode ser um bom objetivo para 2016! 😉

Bons treinos e divirtam-se!

post_parceiros_4any1_2015

1