Um dia desses estava no supermercado fazendo compra com o Humberto e vimos o biscoito de arroz integral da Camil, ficamos curiosos e compramos.

Na volta para casa, abrimos o pacote no carro mesmo,  a primeira impressão não foi boa, achei totalmente sem gosto e sem graça. O gosto lembra aquele salgadinho de arroz rosa (alguém lembra disso?) , mas sem açúcar.

biscoio-de-arroz

O pacote tem 150g e cada unidade é bem levinha, então vem bastante biscoito. Testei alguns recheios e daí eu vi vantagem nele: por não ter gosto, vai com qualquer coisa.

Algumas sugestões de consumo são:

  • acompanhando ovos mexidos;
  • como torrada com geleia, requeijão, etc;
  • como mini-pizza.

Eu experimentei com pasta de amendoim, antepasto de berinjela e manteiga. Passada a primeira impressão ruim, achei uma opção bem legal e pouco calórica para o lanche.

biscoito-de-arroz-tabela-nutricional

Tabela Nutricional

Outro ponto positivo: poucos ingredientes, apenas arroz integral e sal.

O valor do pacote varia entre R$ 4,50 – R$ 6,00.

Avaliaçãoregua_avaliacao_4

Há pouco tempo, a Carô fez um post só com tênis pretinhos e a gente não podia deixar de postar sobre o pretinho mais comentado dos últimos meses: o Adidas Ultra BOOST!

adidas-ultraboost

Antes mesmo de ser lançado, o Ultra BOOST deu o que falar. A Adidas fez todo um mistério em torno do seu lançamento, prometendo um calçado revolucionário para os corredores. Segundo a marca, é “o melhor tênis de corrida de todos os tempos”. Uau! Lógico que ficamos ansiosas para testar 😉

Para comemorar a chegada do tênis ao Brasil, a Adidas realizou um evento no Centro de Práticas Esportivas da USP. Debaixo de chuva, pudemos testar o modelo na pista de atletismo em um treino de ritmos intervalados. A ideia era ver como o tênis reage em diferentes velocidades.

ultraboost-ig1 ultraboost-ig2
Fomos conhecer o Ultra BOOST em um treino na USP

De lá para cá, já experimentei o tênis no parque, na esteira, no asfalto (em prova!) e até mesmo na academia, para musculação, e em aulas de funcional. Ou seja: usei muuuuuito! 😛

Beleza e Design

Até pouco tempo, o Ultra BOOST só estava disponível na cor preta, com alguns detalhes em um roxo-azulado. Aos poucos, a Adidas está liberando outras opções de cores, tanto femininas como masculinas.

ultraboost-coresNovas cores disponíveis no Brasil

Mas o preto é lindo demais! Na minha opinião, é a cor mais bonita — simples e elegante. Até a minha mãe elogiou, hahahahaha…

Também vão chegar edições limitadas do Ultra BOOST. Aqui no Brasil, já está à venda a versão de Stella McCartney (mais cara que o original, sai por quase mil reais!). O modelo é voltado para corridas noturnas, com elementos que brilham no escuro na biqueira e no calcanhar, e tem um visual bem diferente!

adidas-ultraboost-stella
Adidas aSMC Ultra BOOST Knit, assinado por Stella McCartney

A coleção ainda terá modelos assinados por designers como Kris Van Assche e Junichi Abe (da marca Kolor) e pelos diretores criativos da Adidas, Dirk Schönberger e James Carnes.

Conforto

Com o cabedal produzido em Primeknit Sock (um material tricotado), ele veste como uma meia e é muito confortável. O tricô ventila bem os pés, sem aquecer. O calcanhar tem um suporte plástico (na cor roxo-azulado) que dá mais firmeza aos pés, assim como o cadarço. Ele se encaixa muito bem ao pé. O único porém é que é preciso tomar cuidado com pisos mais escorregadios em dias de chuva, porque o solado desliza um pouco quando está molhado.

ultraboost-lookbook

Amortecimento

Basta dar alguns primeiros passos com o Ultra BOOST para sentir o efeito de “mola” do calçado. Você sente que ele dá um impulso (o “boost”) mesmo trotando. Esse amortecimento acima da média não só ajuda na corrida, como também em outras atividades, inclusive na musculação. Eu, que gosto de tênis mais baixinhos e leves, raramente uso o mesmo calçado para a musculação (nos treinos com peso, sinto falta de um solado mais alto) — o Ultra BOOST foi um dos poucos modelos que testei que gostei tanto para correr como para malhar.

Peso

268 g (varia de acordo com a numeração). A sensação nos pés é de um calçado mais leve, especialmente por causa do amortecimento.

Pisada

Neutra.

ultraboost-detalhesAlguns detalhes do Ultra BOOST

Tecnologias

  • BOOST – entressola leve composta 100% com tecnologia BOOST. Segundo a marca, o modelo oferece o maior retorno de energia do mercado graças às milhares de cápsulas que armazenam e liberam energia em cada passada.
  • Torsion System – suporte no centro da sola do pé para garantir que a parte dianteira e traseira se movam de forma independente. Proporciona estabilidade e melhor adaptação à qualquer superfície.
  • Continental – solado em borracha aderente para trazer firmeza.

Custo x Benefício

Não acho que 700 reais seja um valor acessível. É um belo investimento! Por outro lado, se você pensar que é um tênis que pode ser usado tanto para correr como para fazer musculação, ou em treinos funcionais, o Ultra BOOST passa a ser uma opção interessante.

adidas_ultraboost2

Opinião Geral

Eu fiquei bastante satisfeita com o Ultra BOOST! Além de bonito e confortável, ele tem uma performance excelente na corrida, seja na rua ou na esteira, e responde bem em diferentes velocidades. Também é um tênis “multiuso”, que vai te acompanhar em várias atividades — e até mesmo no dia a dia, para quem gosta de combinar tênis com looks casuais. 😉

Preço: R$ 699,99
Fabricante: Adidas
Peso: 268 g
Pisada: Neutra

post_presente