Quando fiquei sabendo que receberia um tênis dourado da Skechers para testar, confesso que fiquei ansiosa. Tudo bem que eu sou meio perua, mas tênis dourado é uma coisa que pode dar muito certo ou muito errado! Hahahahaha…

Até que eu recebi a caixinha, abri e… Quase morri! Achei lindoooo! Além disso, esse é um dos tênis mais baixinhos da marca e, como eu sou fã de correr com a sensação de estar praticamente descalça, mal podia esperar para testar. 😉

skechers-gomebspeed2-foto

Curiosidade

O modelo GOmeb Speed é o calçado oficial do maratonista Meb Keflezighi, vencedor da Maratona de Boston 2014. A diferença da versão 2 é que ela promete ser mais leve e flexível que a anterior. 😉

Beleza e Design

Estou apaixonada pelo design desse tênis, confesso! Ele deixa o pé “magrinho” e fica bastante delicado, então estou usando também nos looks casuais. 😉 Sempre que uso, seja para treinar ou não, alguém me pergunta sobre o tênis – e isso é bom sinal, né? rs

Por mais que pareça estranho pensar, a combinação do rosa e do amarelo fluo com os detalhes em dourado metálico dá super certo. E as outras cores disponíveis na linha feminina (prata e preto) também são uma graça!

skechers-gomebspeed2-cores

Esse modelo também vem com cadarços extra – o original do meu modelo é rosa e vem um par de cadarços brancos de reserva, mas até parece que eu vou trocar os cadarços rosa neon por um branquinho né?! Hahahaha… #paquitagem

Conforto

O tênis é uma delícia nos pés, não só para correr, mas também para usar no dia a dia. O cabedal (parte superior) é frabricado em malha mesh para maior leveza e ventilação, com reforço alcochoado para proteger pontos estratégicos do pé. O interior é todo forrado em microfibra e não tem costuras, para aumentar a sensação de conforto.

Destaque para as palmilhas, que possuem tecnologia  OrthoLite, ou seja, combinam uma espuma específica com EVA para se manterem mais frescas, sequinhas e higiênicas. Essa tecnologia tem um função antimicrobial, que evita fungos e odores. Legal, né?

Peso

No tamanho 34 feminino, pesa 140 g (varia conforme a numeração). A sensação nos pés é de um calçado bem leve!

Pisada

Neutra. Se a sua é diferente, você pode usar o tênis com uma palmilha apropriada para adequar ao seu tipo de pisada.

skechers-gomebspeed2-rosadou

Amortecimento

Como estou treinando para melhorar nos 5k, meus treinos são curtos, e o GOmeb Speed 2 foi perfeito. Já vi reviews indicando o tênis até para meia-maratonas (21k) – se você gosta de tênis baixinhos, vale a pena experimentar (eu gosto!). Só não recomendo usar o tênis para os treinos na academia, especialmente de membros posteriores com cargas mais pesadas – nesse caso, senti falta de um amortecimento mais reforçado e a sensação “pé no chão” me incomodou.

Custo x Benefício

O preço de lançamento do tênis no Brasil foi de R$ 399,00, um valor médio entre os modelos de corrida. Porém, pesquisando você encontra ele na faixa de R$ 300, até menos.

Tecnologia

A entressola vem com uma placa de carbono para dar mais impulso à sua corrida (tencologia Ressalyte). O solado é composto de EVA injetado, o que também ajuda na absorção do impacto, e traz as tecnologias M-Strike (promove a pisada na parte central do pé e uma passada mais fluída) e sensores Go Impulse (pontos interligados no solado que dão maior estabilidade ao calçado e controle do pé, com retorno responsivo e uma passada mais natural). Também tem uma placa de estabilidade Dupont Hytrel, para suporte e firmeza dos pés.

skechers-gomebspeed2-dourado

Opinião Geral

Eu adoro tênis baixinhos e estou treinando curtas distâncias, então o GOmeb Speed 2 conseguiu me conquistar rapidinho! rs Se você quer um tênis confortável e baixinho, diferente dos que encontramos normalmente por aí e que possa ser usado tanto para correr como para “paquitar”, não deixe de experimentar!

Preço: R$ 319,90 na Centauro | R$ 279,90 na Netshoes
Fabricante: Skechers
Peso: 140g (tamanho 34 feminino)
Pisada: Neutra

post_presente

Correr na rua pede cuidado redobrado, principalmente quando falamos em segurança. Em grandes cidades então…é um desafio e chamar atenção é o que menos queremos neste momento. Por isso acho muito legal quando aparecem novos produtos que são relativamente simples e que nos atendem bem nesse quesito. 🙂

Como Carô disse neste post, a equipe toda ganhou ‘Waist Bag’ ou cinto esportivo da Rudel Sports e eu, que já tinha visto algumas amigas usando em treinos, estava doida pra pegar o meu.

caixacorredora-rudel

Waist Bag RUDEL – confeccionado em Suplex ( 88% Poliamida e 12% Elastano ). TAMANHOS: – PP 61cm – 70cm – P 66cm – 73cm – M 74cm – 88cm – G 82cm – 94cm e GG 86cm – 108cm

Waist Bag é um cinto esportivo, que oferece a liberdade de um treino livre durante as atividades físicas, com um sistema de bolsos internos acessíveis por duas aberturas no lado externo do cinto. Os bolsos permitem que você facilmente coloque seu celular, chaves, documentos, cartões, dinheiro ou qualquer objeto que você precise durante seu exercício.

Como podemos ver no vídeo, a idéia do cinto é super simples e basicamente cumpre a função de uma pochete. O grande diferencial é a discrição (dependendo do que você levar, não aparece debaixo da roupa) e conforto durante a atividade, que por ficar justinho na cintura, não fica balançando.

Waist_Bag_Rudel1

Uma pequena demonstração – na foto à esquerda deixei o celular e a garrafinha à mostra para vocês verem como cabe. Na foto da direita já com a camiseta por cima. * Por favor desconsiderar a cara de bolacha devido ao inchaço por causa do glúten (tenho sensibilidade), grata! 😛

 

Pra ser beeeem sincera, não esperei uma corrida para começar a usá-lo. A primeira vez que coloquei o cinto, foi no Réveillon. rs
Passei a virada em Copacabana e terminada a queima de fogos (já voltando para o carro) quase fui assaltada. Teve um fuzuê danado no túnel, com direito a assalto, perseguição e paulada (sério!). Marido me contou que viu um sujeito vindo em minha direção pra me abordar e desistiu porque não tinha nada na mão. Até contei o episódio no meu instagram. Desde então, uso meu cinto praticamente todos os dias, quando pego transporte público, na corrida e academia. O que demonstra também a qualidade do produto, com costuras reforçadas (haja uso!).

Waist_Bag_Rudel2

O que normalmente levo nos treinos de rua: celular (pfvr desconsiderar a tela rachada kkkk), garrafinha, doc, papel e chaves.

 

Meus últimos treinos tem sido nas ruas e avenidas próximas de casa e por isso, além do documento, chaves, uns trocados, papel e celular, levo uma ou duas garrafinhas de 115 ml e “jogo” nas costas. Em dias de prova, além disso tudo, levo 1 paçoca ou sachê de mel (não consigo me adaptar a gel de carboidrato).

Waist_Bag_Rudel3

O cinto vem com uma embalagem plástica para uso interno a fim de evitar umidade causada pela transpiração.

 

Mas como nem tudo é perfeito (e atrapalhada como sou), às vezes sinto dificuldade de pegar algo dentro do cinto (já até deixei cair mel no meio de prova). hahahahha
Mas isso também se deve ao fato do cinto ser justinho ao corpo. Ok, prefiro demorar para pegar algo, do que ter meus pertences balançando no corpo. 🙂

Resumindo…
Gostei bastante do cinto (ótimo custo-benefício), da variedade de cores e já quero comprar outras cores pra compor o “look paquitagem” em corridas. =P

Você pode adquirir o cinto por R$ 43,00 (preço amigo!) na loja do Corre Mulherada! ou na Rudel Sports.

Avaliação: regua_avaliacao_5

post_presente