Em abril, aconteceu no Rio de Janeiro o lançamento da linha Free 2015, da Nike. Eu estive lá e contei um pouco neste post, sobre o evento e o conceito do Free, que é proporcionar uma passada o mais natural e leve possível, trazendo a sensação de estar correndo descalço, mas sem deixar de oferecer um alto nível de proteção e sustentação.

A diferença da linha 2015 para as lançadas nos últimos anos, foi o princípio de que “menos é mais”. Para isso, os designers focaram no início de tudo (lá em 2001), e eliminaram camadas, costuras e volume, criando um produto que se baseia na performance dos pés.

A linha Free é composta por três modelos de tênis, o 3.0 Flyknit, 4.0 Flyknit e 5.0, cujo amortecimento e flexibilidade são definidos de acordo com o modelo: quanto menor o número, maior a sensação de flexibilidade e pisada natural.
Eu que sou da turma dos tênis “altinhos” (com muito amortecimento), confesso que desde que li o post da Ju estava doida para saber como me sairia com um Free.

Nike-Free-Flyknit-40

No dia do lançamento pude fazer um mini teste com o Free 4.0 Flyknit, mas queria testá-lo bastaaaante e em vários tipos de treinos de corrida para vir resenhar aqui no blog.

Ficou curiosa? Então vem comigo que te conto o que achei dele! 😉

Beleza e Design

Nike-Free-Flyknit-40-2

Dispensa comentários, bati o olho e achei liiiindo, tanto que quero mais um pra coleção. #deolhonopretinho  *_*
Confesso que de tão lindo, uso nos “looks do dia” da vida. hahahahha #soudessas

Conforto

O modelo Free 4.0 tem cabedal praticamente sem costuras (a lateral foi completamente removida), feitos com a tecnologia Nike Flyknit. Com uma única camada integralmente em poliéster, foi projetado para flexionar-se com o pé em movimento, ou seja, ele é bem justinho (possui stretch em algumas áreas) e “abraça” o peito do pé como se fosse uma meia.

Nike-Free-40-4

Dica: se você possui pés gordos como o meu, procure calçar em uma loja antes de se aventurar a comprar pela internet. Meu número é 36 para tênis (meus pés incham bastante e tenho que usar numeração maior) e tive que trocar para 37! Achei engraçado porque é o único calçado 37 que tive até agora. O ponto positivo é que mesmo usando uma numeração maior, não sinto os pés “sambando” dentro do tênis mesmo sem meias. Ele fica justinho, extremamente confortável e não dá calor nos pés. Já a palmilha se molda à curvatura do pé para maior suporte e conforto.

Amortecimento

Da linha Free, o 4.0 Flyknit é o intermediário – mais flexível que o 5.0 e mais amortecimento que o 3.0 Flyknit.
Possui 6 milímetros de drop, permitindo uma pisada mais natural e com um leve amortecimento. Não arrisquei em usá-lo em corridas mais longas (acima de 10K), pois ainda sinto que necessito de um maior amortecimento para isso. Mas até 10K ele “segurou” bem.

Peso

187g (varia de acordo com a numeração). Ele é levíssimo!

Pisada

É para pisada neutra. Tenho pisada supinada, e não cheguei a virar o pé para fora durante a corrida/caminhada. Palmas para a Nike!

Tecnologias

Mesmo seguindo a linha de que “menos é mais”, o modelo 4.0 não deixa a desejar nesta categoria. O tecnologia do novo Flyknit traz um fio bem resistente e durável, porém mais flexível garantindo a maleabilidade do calçado.
Para maior estabilidade e sustentação, o calcanhar não possui stretch no fio.

Nike-Free-Flyknit-40-3

As ranhuras hexagonais flexíveis do solado externo garantem a maior amplitude de movimentos, permitindo que os pés se adaptem ao solo, enquanto a espuma Phylite oferece um leve amortecimento.
Em comparação aos modelos anteriores, a trama está um pouco mais aberta, garantindo maior respirabilidade.
Além de reduzir o peso, a ausência do suporte estruturado garante mais liberdade e um trote natural para o atleta.

Custo x Benefício

O tênis custa em média R$ 499,90. Não é dos mais baratos, mas atende muito bem ao que propõe (além de ser lindo!).

Opinião Geral

Sem dúvida o Nike Free 4.0 Flyknit virou o meu queridinho para corridas de curtas distâncias (até 10k). Ele é lindo, levinho, super confortável para correr e me fez repensar sobre ter somente tênis com maior amortecimento. Olha eu indo para o lado dos baixinhos! hahahahha
Me surpreendi e me apaixonei pelo modelo. ❤ Recomendo fortemente!

Preço: R$ 499,90
Fabricante: Nike
Peso: 187 g (varia de acordo com a numeração)
Pisada: Neutra

post_presente

Olá! Faz um tempinho que não postamos o que chegou no nosso QG, né? É que foi uma correria danada para os preparativos do nosso aniversário de 2 anos, o #2anosCM que aconteceu no finalzinho de abril, e depois disso, participamos de muitos eventos e tivemos algumas surpresas legais que tomaram nossa agenda aqui do blog. 😛
Mas cá estou para mostrar alguns presentinhos que recebemos e ainda não mostramos. Vamos ver? 😉

Kit Vitaminas Sundown Naturals

Fish-Oil-Sundown-Naturals-Vitaminas
Recebemos um kit do coração da marca Vitaminas Sundown Naturals. Dentro de uma bolsinha fofa no formato de coração vieram uma bolinha de massagem de mãos e ‘Fish Oil Odorless Premium’ – Óleo de Peixe Purificado em cápsulas, rico em Ômega 3. Segundo a marca “o consumo de ácidos graxos Ômega 3 auxilia na manutenção de níveis saudáveis de triglicerídeos, desde que associado a uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis”. Mais estudos mostram que o consumo prolongado de ômega 3, melhora especialmente a memória de curto prazo, opa! Excelente, porque a situação aqui (minha) ta braba! hahahah 😛

Cafés ‘Brasil Blend’ e ‘Brazil Nova Resende Starbucks Reserve’ – Starbucks

Brasil-Blend-Brazil-Nova-Resende-Starbucks

A Starbucks lançou em Maio aqui no Brasil, o café expresso preparado com o ‘Brasil Blend’, que é um blend de grãos 100% brasileiros do sul de Minas Gerais, Bahia e São Paulo.

Além desta novidade, a marca também lançou um café da linha Reserve, também com grãos 100% brasileiros. O ‘Brazil Nova Resende da Starbucks Reserve’, possui grãos de 74 pequenas propriedades em torno da Serra de Ibituruna, em Nova Resende (interior de MG). Confesso que fiquei curiosíssima com o sabor, pois este café foi apelidado de “café parecido com vinho”. Fora que aqui em casa somos coffee lovers e não vemos a hora de ir em uma loja Starbucks para fazer a moagem e experimentar. Huuum!

Guia do Tênis

guia_tenis

O Guia do Tênis da Editora Alto Astral foi uma surpresa das boas para nós! Amamos abrir a revista e ver a resenha da Mari nela. ❤

guia_tenis2

Na seção ‘Corredores elegem seus pares favoritos’, ela fala do SpeedForm Gemini, tênis da Under Armour (já resenhado aqui no blog) e que virou o queridinho de algumas de nós. O ‘Guia do Tênis’ traz outras matérias, como review de 71 modelos de tênis, dicas de conservação e como descobrir o seu tipo de pisada. Vale a pena conferir! ☺

ASICS GEL-HYPER TRI

ASICS-GEL-HYPER-TRI

O lançamento da vez vem por conta da linha de velocidade da ASICS direcionado para triatletas. Além de lindo, o GEL-HYPER TRI é considerado o tênis mais leve da categoria e foi desenvolvido com objetivo de garantir velocidade e conforto aos atletas de alta performance. Possui detalhes especialmente pensados no Triathlon: como cadarço elástico (permite um calce ajustável e preciso), solado com tecnologias que garantem ótima tração, eficiência e amortecimento durante a corrida e tecido com tramas abertas e “respiráveis”, podendo ser usado sem meias. A Ju Vargas vai testá-lo e em breve postará o review do tênis. ☺

Queremos agradecer às marcas que pensaram na gente e enviaram todos esses presentes. Adoramos tudo! 😉