Em 2016, a Adidas lançou o Pure Boost X, um tênis pensado especialmente para as mulheres. Foi uma baita quebra de paradigma, aliás, já que ainda hoje a maioria dos produtos disponíveis no mercado na numeração feminina são adaptações das versões masculinas.

O grande diferencial do Pure Boost X era o seu arco flutuante – uma parte do cabedal fica destacada da sola, envolvendo todo o pé na sua região central. Então, fica um vão ali entre o pé e o solado. Era muito diferente!

Pois bem, em março desse ano, a Adidas trouxe essa tecnologia do cabedal do Pure Boost X para mais um dos modelos mais queridinhos da sua linha de corrida –  o Ultra Boost – lançado o Ultra Boost X.

Seria a junção com o melhor desses dois tênis pensada especialmente para a mulherada? Claro que eu fiquei doidinha para testar e descobrir por mim mesma! E agora, depois de ter rodado alguns bons quilômetros com ele, inclusive em algumas provas, venho contar minhas impressões para vocês! 😉

Beleza e Design

Eu sempre gostei do design do Ultra Boost e a versão X do modelo não me decepcionou. Não acho que é um tênis que transita bem no casual – pra mim, ele tem muita cara de corrida e performance – mas uma coisa é certa: ele sempre chama a atenção e desperta a curiosidade das pessoas!

No Brasil, são cinco cores disponíveis no momento: além do salmão com preto, que foi a primeira versão lançada, temos outras opções mais neutras, em preto, branco e cinza, e uma mais vibrante, em coral.

Além disso, o Ultra Boost X já ganhou algumas edições limitadas, produzidas pela Adidas com seus parceiros principais. A estilista Stella McCartney redesenhou o suporte do cadarço em uma versão mais fashionista do modelo, toda off white com pequenos pontos de cor no solado. Chiquérrima, porém uns bons reais mais cara que a versão “normal” do tênis!

Lá fora, outra edição especial que se destaca é a que foi produzida com a Parley Ocean Plastic. O modelo é fabricado com resíduos plásticos retirados do oceano e vem em lindos tons de azul inspirados nas águas mais profundas. Malha, entressola e contraforte são feitos de material PET reciclado, reutilizando, em média, onze garrafas de plástico em cada par. Legal, né?

Conforto e Amortecimento

Utilizando o sistema ARAMIS, tecnologia que captura os movimentos permitindo uma análise detalhada do corpo, o time de inovação da Adidas conseguiu identificar o ponto exato em que o pé das mulheres precisa de mais suporte e onde precisa de espaço para que possa se expandir naturalmente durante a corrida. O arco flutuante do Ultra Boost X foi desenhado para refletir a silhueta natural do pé feminino, adaptando-se ao formato do médio-pé enquanto corremos.

Outra diferença do Ultra Boost X para o Ultra Boost tradicional é o seu contraforte mais estreito, que se adapta melhor ao calcanhar feminino. Logo que você veste o tênis, já percebe como esse suporte é diferente de qualquer outro modelo. É como se você vestisse uma meia mesmo, e pode até parecer um pouco estranho no começo (justo demais, talvez). Eu usei com meia apenas na primeira vez (como na foto ali em cima); depois sempre corri sem, pois acho que fica mais confortável.

Todo o cabedal é feito em Primeknit, um tipo de malha elástica de crochê, o que aumenta a respirabilidade do tênis. A entresssola é toda em tecnologia Boost, o que traz não apenas amortecimento, mas também maior retorno da energia. A princípio, eu achei que tinha amortecimento demais (ele me pareceu um pouco mais alto que a primeira versão do Ultra Boost), mas depois de alguns treinos me adaptei bem. E quanto maior a velocidade que corremos, mais sentimos o efeito do Boost, então é um tênis que de certa forma te incentiva a ir mais rápido, porque ele fica mais “gostoso” quando estamos num ritmo acelerado, hahahaha… 😉

Na minha resenha da primeira versão do Ultra Boost, eu comento que a sola desliza um pouco. Isso foi corrigido já na versão seguinte do Ultra Boost, portanto não é uma preocupação no Ultra Boost X, que uma tração excelente para corridas em ambientes urbanos.

Peso, Pisada e Drop

O Ultra Boost X é indicado para pisada neutra. O peso no tamanho 36 é de 234 gramas (o peso varia conforme a numeração). O drop dele é altinho: 10 mm.

Tecnologias

  • Cabedal de Primeknit – envolve o pé como uma meia para proporcionar maior conforto.
  • Sistema de Contraforte – estrutura diferenciada no calcanhar, que permite o movimento natural do tendão de Aquiles.
  • Torsion System – suporta o movimento natural do pé do calcanhar ao dedo do pé.
  • Sola Continental Rubber 4-way – desenhada para o andar feminino, fornece uma boa tração para as corridas urbanas em qualquer condição.
  • BOOST – conforto ultrarresponsivo e amortecimento que armazena e devolve energia cada vez que o pé toca o chão.

Custo x Benefício

O preço sugerido no lançamento foi de R$ 899,99 (ouch!), mas hoje já é possível encontrar nas lojas virtuais por volta dos R$ 700 reais. É um tênis para quem quer muito um tênis de corrida de alta performance e gosta de amortecimento, em especial, da tecnologia Boost. Se você já estava pensando em comprar o Ultra Boost, acho que vale sim trocar pela versão X, pensada para as mulheres. Quanto à versatilidade do tênis, achei bem tranquilo fazer outros treinos com ele, como musculação e funcional, mas para usar no casual já acho um pouco mais difícil a transição.

Opinião geral

O Ultra Boost era um dos meus tênis favoritos de corrida, e o Ultra Boost X conseguiu me surpreender positivamente. De fato, senti que ele é mais confortável e dá um suporte maior que o Ultra Boost tradicional porque se encaixa bem mais nos nossos pés. O único porém é o preço, mas fique de olho nas promoções porque vale a pena experimentar (dica: nas Runbases da Adidas, você pode pegar o modelo emprestado e sentir por si mesma). Sério candidato a ser um dos meus favoritos de 2017!

Onde comprar: AdidasCentauro

Finalmente julho chegou! \o/
Bom…Carô falou neste post sobre sua paixão pelo mês de junho e hoje vim falar da minha por julho. 😛 hahahhhahha

Gosto de julho por vários motivos: férias escolares (não fico mais de férias em julho, mas o trânsito dá uma aliviada rs), climão de meio do ano (adoro o segundo semestre) e meu aniversário. ❤
Ok, nesse quesito não sou muito de divulgar. Sou mega tímida, gente!
Normalmente acordo estranha no dia e procuro não nutrir expectativas. Tento ver o dia 09/07 como um dia comum (que é meu e ao mesmo tempo não é) e um ano novo particular. Também sou cheia de frescuras (fico meio magoadinha quando pessoas íntimas se esquecem #cancerianafeelings) e nunca sei o que dizer quando alguém vem me dar os parabéns ou quando cantam tradicional “Parabéns pra Você”.
Para vocês terem uma idéia, nunca preparei festinhas pra mim. Sempre que tive festa de aniversário ou foi na infância organizada pela minha mãe ou festa surpresa organizada pelo Julio (marido). Aliás, já tive taaaantas festas surpresas que sacava fácil quando iam fazer. Só tinha que fingir cara de surpresa.  HAHAHAHAH

Não sou de fazer festas pra mim, mas ADORO receber presentes. Mas quem não gosta, né? Por isso decidi fazer essa ‘Lista de Desejos Fitness-Corridístico’ para ajudar algumas pessoas resumindo: o MARIDO não terem dúvidas do estilo de presente que eu curto. #trucagens ;P

wishlist-aniversario-erica-i

01 – Jaquetas e Casacos: é oficial, estou “pelada” de jaquetas ou casacos esportivos e não estou exagerando. Com a chegada do inverno fui procurar eee tcharan, só encontrei uma da Adidas/Farm da primeira coleção! Falando em Adidas…adorei essa da StellaSport (R$ 179,99), principalmente as cores. Normalmente as coleções Adidas by Stella McCartney são os “zóios” da cara, por isso o melhor a fazer é esperar uma promoção-marota, e essa é a época certa. 😉 Outra jaqueta que ando namorando desde que vi na internet é a Liberty da Nike (R$ 229,90). Afffe, minha gente! *_* Outra que super curti foi essa da Everlast (R$ 89,90), e achei o preço bem bom! 🙂

2. Top: top nunca é demais. Depois que comecei a malhar na Bio Ritmo, comecei a ter fixação por tops. hahahah Antes só corria 3 vezes por semana e agora com 2 dias de musculação e mais 1 dia extra de regenerativo (essa semana o volume de treinos aumentou) somam-se 6 dias, ou seja, haja top! E garrei paixão por esse da Under Armour (R$ 119,92)  – Mulher Maravilha (adoro o personagem desde pequena). Falando em Wonder Woman…

3. Camisetas e Regatas: Também garrei paixão por essa camiseta da Mulher Maravilha (R$ 103,92)  desde o dia que vi na loja da Under Armour do Shop. Morumbi (SP). Aliás, o que não amar naquela loja? Olha essa do Batman (R$ 129,90), que mara! Incluindo no pacote “parte de cima”, não acharia nada ruim ganhar essa regata Elastika 2.0 (89,90) da Nike. Achei o detalhe das costas um charme.

4. Tênis: ok, não preciso de tênis. CORRIGINDO: preciso SIM, de tênis pra malhar! HAHAHAHAHHAHAH Gente, o que é esse Free Flyknit CHUKKA da Nike (R$499,90)! :O Outro que ando namorando é o Free 5.0 TR Fit Print (R$ 349,90). Tênis P&B de bolinhas, gente! ❤
EXTRA: não preciso de tênis pra correr, mas estou muito tentada a gastar dinheiros no Pegasus 32 (R$449,90), que infelizmente (ou felizmente rs) não tem feminino no site. Ele é da coleção Photosynthesis. LINDIMAIS! O Lunarglide 6 (R$ 449,90) também ganhou meu coração. Aliás, meu primeiro tênis de corrida foi um Lunarglide. ❤

wishlist-aniversario-erica-livros

Livros: não poderia deixar de fazer uma lista de livros. AMO ler! E ultimamente tenho pegado gosto pelos livros de corrida ou algo relacionado a ela. Até hoje li somente dois, ‘O que eu falo quando falo de corrida’ – Haruki Murakami e Correr – Drauzio Varella. Depois de tantas indicações, gostaria muito de ler:

Nascido para correr – Christopher McDougall (R$ 35,91): resenhado AQUI no blog.

Cinquenta Maratonas em 50 Dias – Dean Karnazes (R$ 35,91).

Operação Portuga: Cinco homens e um recorde a ser batido – Sérgio Xavier Filho (R$ 39,00).

E aí, deu pra ajudar? Bom…depois dessa tá fácil, hein marido? Hauhauhauahuahuahauhau

12