Top Nike Pro Hyper Classic e Top Nike Pro Indy

Olá, mulherada!

A nossa busca pelo top perfeito nunca termina, né? Não sei vocês, mas considero o top uma das peças mais importantes para os meus looks de treino, só perdendo para o tênis! Hahahaha… Falando sério, não tem nada pior que correr ou fazer qualquer outra atividade sentindo que os seios estão “pulando” mais do que deveriam ou sentindo algum incômodo, né?

Hoje vou falar um pouco mais sobre dois modelos de top da linha Pro da Nike, o Hyper Classic e o Indy. Estou usando os dois já há algum tempinho e queria compartilhar minhas impressões com vocês!

Top Nike Pro Hyper Classic

Esse top tem uma modelagem mais clássica, porém é feito com um tecido de compressão que dá suporte multidirecional, trazendo mais segurança e firmeza do que os tops comuns. Ele é indicado para atividades de médio impacto, como bike, dança e aulas de cardio na academia, mas acho ele tão confortável que já usei diversas vezes para correr. Inclusive, foi o top que escolhi para a minha primeira meia maratona.

Na parte que fica abaixo dos seios, ele tem uma faixa elástica um pouco mais larga que dá uma sensação de ajuste muito boa. O tecido é macio, não me incomodou em nada. Todas as costuras são seladas para não ter atrito contra a pele. Aliás, a única coisa que me incomodou neste top é que ele vem com aquelas etiquetas gigantes, sabe? Eu não sou de cortar a etiqueta das roupas, mas recomendo tirar neste top porque, pelo menos para mim, ela ficou em um lugar bem chato, próximo ao braço, e acabou assando na primeira vez que usei. Mas nada que uma tesourinha não resolva! 😉

Ele vem com bojos removíveis, que não dão volume aos seios, mas ajudam a deixar um formato mais bonito, mais natural. Eu sempre tive pavor de tops com essa modelagem mais clássica porque acho que eles esmagam os seios. Claro, fica um pouco mais “compacto”, mas nada feio. A sensação de conforto e segurança, com certeza, compensam. Também tem um detalhe nas costas em tecido telado para maior ventilação e frescor.

Close do Nike Pro Hyper Classic (Divulgação)

O preço sugerido é de R$ 149,90, mas é possível encontrar algumas cores por até R$ 99,90. Vale o investimento!

Onde comprar: Nike.com

Top Nike Pro Indy

Ele é uma gracinha, porém não é a melhor opção para quem tem seios grandes, o que é o meu caso, especialmente se a intenção é usá-lo para corrida. (Porém, já ouvi relatos de amigas com seios pequenos que gostam de usar esse top para correr.)

Além de ter alças finas, o que torna o Nike Pro Indy mais indicado para atividades de leve impacto, como pilates, alongamento, caminhada etc., ele é mais cavadinho nas laterais (próximos aos braços). Se vocês olharem na foto do começo do post, poderão perceber a diferença entre esse e o outro top, sendo que os dois são do mesmo tamanho (G). Então, acabo usando na musculação ou em alguma atividade mais leve na academia, já que não me sinto à vontade para fazer movimentos muito “bruscos” com ele, rs.

Como o modelo anterior, vem com bojo removível para dar definição aos seios, sem aumentar o volume, detalhe em tecido telado nas costas que deixa a pele mais fresquinha e faixa elástica no tórax para melhor encaixe. Uma coisa que eu gosto bastante nesse modelo é o decote, dá uma impressão de seios mais bonitos.

Quanto ao preço, varia entre R$ 119,90 e R$ 139,90 – mas é possível encontrar mais barato na internet em algumas cores. Vale a pena se você tem seios pequenos ou quer um top para atividades mais “light”. Se você procura por sustentação, eu sei que ele é lindo, mas não vai te atender.

Esse top aparece com várias variações no nome (Strappy, Cool, Jewels, Techno Glitch…), mas pelo que pude notar elas geralmente indicam mudanças no tecido e outras pequenas alterações no design das peças que mais têm a ver com a estética do que com a funcionalidade. Então, acredito que você pode tomar esse modelo como base, mesmo que o nome da peça que você viu seja um pouco diferente no final.

Onde comprar: Nike.com | DafitiNetshoes | Kanui | Centauro

Para quem está procurando um top de alto impacto, daqueles que sustentam beeeeem os seios – e que são ótimos para treinos de corrida mais longos e/ou intensos –, o modelo da Nike mais indicado é o Pro Rival. A resenha dele está neste post aqui.

E vocês, usam algum top da Nike? Qual modelo? Deixem suas opiniões nos comentários!

post_presente

Protetor solar é um produto que já faz parte da nossa rotina de beleza e não tem como deixar de usar, especialmente se você vai treinar ao ar livre, né?

E quem nunca manchou, sem querer, uma peça querida enquanto passava o protetor solar? Ai, ai… Essa é uma mancha meio chatinha de tirar, mas calma que tem jeito! 😀

Como acontece com qualquer tipo de mancha, quanto antes você limpar a peça, melhor. Isso evita que os compostos oleosos do protetor penetrem ainda mais no tecido, o que dificulta a sua remoção. Por isso, antes de colocar a peça na máquina de lavar, faça um tratamento no local da mancha. Alguns produtos podem ser usados:

  • Sabão líquido concentrado: esse é o meu favorito, porque é um produto próprio para ser usado em roupas. Basta umedecer  a peça, aplicar algumas gotas do produto diretamente na mancha e esfregar com os dedos, fazendo pequenos círculos. Se a mancha não for muito grande, pode já colocar a peça para lavar como de costume, usando a medida normal de sabão na máquina. Se preferir, pode deixar a peça de molho por alguns minutos antes de lavar na máquina (mas não mais que uma hora, porque não é muito indicado deixar roupas com lycra de molho com frequência, ok?).
  • Detergente líquido: se você não tiver o sabão líquido para roupas, pode improvisar usando um detergente de louças neutro (aquele transparente) ou de coco no lugar. Faça movimentos circulares sobre a mancha e enxague bem a peça para retirar o excesso do produto. Repita o processo se achar necessário. Em seguida, lave como de costume.
  • Bicarbonato de sódio: retire o excesso de protetor solar e coloque um pouco de bicarbonato em pó sobre a mancha. Deixe agir por cerca de 30 minutos. Tire o excesso com uma escovinha limpa e esfregue o local da mancha com sabão líquido (ou detergente neutro). Deixe agir por alguns minutos. Em seguida, coloque a peça de molho em um balde com água e uma colher de sabão em pó por mais 30 minutos. Enxágue para retirar o excesso de sabão e lave como de costume.

Evite usar alvejantes em roupas de treino ou biquínis, mesmo que as peças sejam brancas, porque eles podem destruir o elastano das peças com o tempo. Inclusive, já teve post aqui no blog com várias dicas sobre como lavar roupas esportivas para que elas durem por mais tempo.

Agora, se for uma mancha muito grande e você estiver insegura, procure uma lavanderia antes de fazer qualquer procedimento em casa. Eles possuem produtos químicos adequados para a remoção desse e outros tipos de manchas em tecidos especiais, que podem salvar a sua peça! 😉

Você tem outra dica para tirar mancha de protetor solar das roupas? Deixe nos comentários!