Os últimos finais de semana participei do Circuito das Estações – Etapa Primavera e da 24ª Maratona de Revezamento do Pão de Açúcar e hoje conto no blog como foi.

***

Circuito das Estações – Etapa Primavera

circuito-das-estacoes-primavera-2016

A última etapa do Circuito das Estações que participei foi em julho de 2015, já fazia mais de 1 ano que não corria a prova e nas imediações do Estádio do Pacaembu.

As nossas inscrições foram cortesias da Integrata e por isso os kits foram retirados na própria clínica e foi bem tranquilo. O kit era composto por camiseta, bandana, número de peito, barrinha de nuts e alguns folhetos.

No domingo, chegamos por volta das 6:40 na prova e retiramos o chip antes de largar. Nesta corrida, como foi a primeira do Beto, a minha intenção era acompanhá-lo, respeitando o que ele mandasse.

Nessa etapa, tinham 3 distâncias: 5, 10 e 21k. Como corremos 5k, nossa largada foi às 7h. Começamos em um ritmo um pouco mais rápido e aos poucos fomos ajustando e chegamos em um ritmo confortável. Corremos boa parte da prova, mas por volta do km 4, o Beto sentiu um pouco de dor na base dos dedos e andamos uns 300m e voltamos a correr.

Foi bem gostoso correr ao lado do Beto, a única coisa é que os 5k passam tão rápidos, né? Quando começo a gostar acaba hahaha.

24ª Maratona de Revezamento do Pão de Açúcar

corrida-pao-de-acucar

Desde quando comecei a correr, tinha vontade de participar da Maratona de Revezamento Pão de Açúcar, mas as datas sempre batiam com outras provas e apesar dos problemas e baixas dos dias que antecederam a prova, deu tudo certo. 🙂

Montamos um octeto, a Ju retirou todos os kits na sexta-feira. No domingo, combinamos de nos encontrarmos às 6:30. De cara de surpreendi com a organização. A arena estava muito bem sinalizada e organizada, o guarda-volume tranquilo e banheiros químicos para todos os lados.

Como o percurso do revezamento era cerca de 10km, no octeto, os números pares faziam a troca na Rubem Berta e os ímpares no Lago do Ibirapuera, além disso, a primeira pessoa corria 6,3km, as intemediários 5,25km e a última 4,1km.

Nos dividimos e fomos para os postos de troca, eu fui a segunda no revezamento e o tempo ainda estava tranquilo, sem sol e calor, mas conforme o tempo foi passando a temperatura aumentou muito. O percurso foi mais “fácil” do que quem trocava no posto ímpar, por causa de algumas subidinhas. Após a minha corrida foi hora de esperar o restante do pessoal para no final pegar a medalha.

corrida-pao-de-acucar-2

Eu gostei bastante da corrida, achei tudo muito organizado. As trocas aconteciam de forma tranquila também. Minha única critica é o kit pós-prova que poderia ter, além do isotônico e nescau, frutas, tanto para quem ainda vai correr, quanto para quem já correu, já que é bastante tempo de espera.

E dica para esta prova: é importante levar um lanchinho para comer um tempo antes de você correr, principalmente se você é do terceiro em diante e claro, protetor solar sempre, o revezamento costuma terminar a partir das 11:30 da manhã!

Ana Cláudia Lemos e Rosangela Santos estão entre as nossas velocistas.

Ana Cláudia Lemos e Rosangela Santos estão entre as nossas velocistas.

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) confirmou nesta semana o nome dos 66 atletas que vão representar o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016. A delegação, com 36 homens e 30 mulheres, é a maior da história da modalidade na competição. E boa parte desses atletas competirá em provas de corrida!

Bora conferir quem são os corredores e corredoras que vão fazer a gente vibrar em agosto?

Feminino

Juliana dos Santos levou o ouro nos 5.000m no Pan 2015, mas vai disputar os 3.000m com obstáculos nos Jogos Olímpicos.

Juliana dos Santos levou o ouro nos 5.000m no Pan 2015; nos Jogos Olímícos, ela vai disputar os 3.000m com obstáculos.

  • Rosangela Santos — 100m, 200m, 4x100m
  • Ana Claudia Lemos — 100m, 200m (R), 4x100m
  • Franciela Krasucki — 100m, 4x100m
  • Vitória Cristina Rosa — 200m, 4x100m
  • Kauiza Venâncio — 200m, 4x100m
  • Bruna Farias — 4x100m
  • Geisa Coutinho — 400m, 4x400m
  • Jailma Lima — 400m, 4x400m
  • Tabata Vitorino — 4x400m
  • Letícia Cherpe de Souza — 4x400m
  • Joelma das Neves Sousa — 4x400m
  • Cristiane dos Santos Silva — 4x400m
  • Flavia Maria de Lima — 800m
  • Tatiele Roberto de Carvalho — 10.000m
  • Fabiana Moraes — 100m com barreiras
  • Maila Paula Machado — 100m com barreiras
  • Juliana Paula dos Santos — 3.000m com obstáculos
  • Adriana Aparecida da Silva — maratona
  • Marily dos Santos — maratona
  • Graciete Moreira Santana — maratona

Masculino

paulorobertopaula-soloneidasilva

Paulo Roberto de Paula e Solonei Silva participarão da maratona olímpica.

  • Vitor Hugo dos Santos — 100m, 200m, 4x100m
  • Aldemir Gomes Junior — 200m, 4x100m
  • Jorge Henrique Vides — 200m, 4x100m
  • Bruno Lins — 200m (R), 4x100m
  • José Carlos Moreira — 4x100m
  • Ricardo Mário de Souza — 4x100m
  • Hederson Estefani — 400m, 400m com barreiras, 4x400m
  • Pedro Burmann — 4x400m
  • Hugo Balduino — 4x400m
  • Peterson dos Santos — 4x400m
  • Lucas da Silva Carvalho — 4x400m
  • Alexander Russo — 4x400m
  • Lutimar Paes — 800m
  • Kleberson Davide — 800m
  • Thiago André — 1.500m
  • João Vitor de Oliveira — 110m com barreiras
  • Eder Souza — 110m com barreiras
  • Mahau Suguimati — 400m com barreiras
  • Marcio Teles — 400m com barreiras
  • Altobeli Silva — 3.000m com obstáculos
  • Marilson Gomes dos Santos — maratona
  • Paulo Roberto de Almeida — maratona
  • Solonei Rocha da Silva — maratona
Marilson Gomes dos Santos completa o time de maratonistas brasileiros.

Marilson dos Santos completa o time de maratonistas brasileiros.

Como já explicamos neste post, o Atletismo engloba um grande número de provas e nem todas são de corrida. Aqui listamos apenas os corredores. Para conhecer os demais atletas e a comissão técnica, veja a lista completa no site da CBAt.