correr-jeito-certo

A primeira vista, esta pergunta pode parecer de iniciante, mas não é! Mesmo corredores experientes questionam se estão correndo corretamente — seja porque estão sentindo algum desconforto ou porque querem melhorar a performance.

E o educador físico Eduardo Barbosa, da 4any1 Assessoria Esportiva, confirma: “Um dos assuntos recorrentes que me perguntam nos treinos da 4any1 é quanto à postura de corrida. Muitos corredores de rua têm a preocupação com o fato de ter uma postura correta e passadas que os deem maior velocidade“, explica.

Nós já falamos um pouquinho sobre o jeito certo de correr, mas nada como ter a orientação de um profissional! 😉 Por isso, pedimos para o Edu falar um pouco sobre isso para o blog 🙂

***

Pisada, Postura e Biomecânica em Corrida de Rua
Por Eduardo Barbosa

Corrida é uma atividade física base para a maioria dos esportes, além de ser um meio de locomoção do ser humano no dia a dia. O ato de correr, uma de nossas habilidades básicas, nada mais é que uma sucessão de saltos em que os pés pousam no solo, absorvendo o impacto de toneladas e devolvendo em forma de energia para nos levar à frente.

Um bom desempenho em treinos e provas de corrida de rua passa por variações que, em conjunto, melhoram sua mecânica e economia de energia: tempo de passada, tempo de suporte, tempo de balanço, comprimento da passada, comprimento de passada relativo, frequência da passada, ângulo do joelho e tornozelo, fortalecimento das articulações e boa flexibilidade.

Para saber se você tem uma boa postura de postura de corrida, se suas passadas estão corretas, peça a ajuda de um profissional de educação física especializado em corrida ou biomecânica para realizar uma análise clínica simplesmente observando sua corrida.

Em uma corrida, as passadas devem estar em sincronia com os braços, independente da velocidade; braços com os cotovelos flexionados em um ângulo de 45° em relação ao solo, e estes não devem cruzar a frente da linha média do corpo; cabeça com olhar no horizonte, tronco levemente flexionados a frente e ombros relaxados. Nos membros inferiores, os pés devem realizar a pisada completa no solo, especialmente se você é iniciante. Uma média elevação dos joelhos completa esses explicativos simples sobre postura correta ao correr.

exercícios educativos de corrida que devem ser feitos com regularidade nas sessões de treinamento. Alguns exemplos:

  • Skipping alto – Correr devagar, elevando os joelhos até a altura do quadril.
  • Skipping baixo – Repetir o movimento do skipping alto, mas elevando menos os joelhos.
  • Hopserlauf – Realize um movimento de salto com uma das pernas, elevando o joelho até a altura do quadril. Depois, repita o movimento com a outra perna, de forma continua e alternada.
  • Anfersen – Corra devagar, batendo os calcanhares nos glúteos.
  • Kick out (o famoso “soldadinho”) – Corra devagar, jogando os pés para frente e tronco levemente inclinado para trás.
  • Afundo –Realize passadas longas à frente, com o quadril relaxado. Mantenha por dois segundos embaixo, suba e repita o movimento com a outra perna.

Seguindo com regularidade as dicas acima, você pode melhorar sua técnica de corrida, aumentar a velocidade e correr da forma mais confortável possível.

Bons treinos e boas provas!

post_parceiros_4any1_2015

Oi mulherada!

Como a corrida faz parte da nossa vida (quem aí nunca brincou de pega-pega na infância? Ou deu uma corridinha para dar tempo de pegar um ônibus?) nós carregamos alguns vícios que podem nos prejudicar quando queremos melhorar nossa performance na corrida.

educativos

Para evitar que os vícios nos atrapalhem, devemos fazer exercícios educativos. 🙂 Exercícios educativos são exercícios que os corredores fazem para melhorar a coordenação, melhorando a técnica e condicionando-os a correr da forma mais econômica.

Como esses vícios podem ser os mais diversos, e alguns podem atrapalhar e outros serem tão naturais para você que não chegam a atrapalhar sua corrida, a melhor pessoa para verificar o que precisa ser corrigido é um educador físico. E ele passará exercícios específicos para você.

Entretanto, não é só quem tem algum vício que pode fazer os exercícios educativos, todas nós corredoras podemos tirar proveito dos benefícios deles e fazer. #todasvibram 🙂 Os exercícios educativos tem vários efeitos positivos, como os exercícios são repetitivos, após o exercício ficamos mais condicionadas a realizar os movimentos como a passada, a aceleração, a postura e até respiração de maneira correta, o que diminui a ocorrência de lesões. O recomendado é realizá-los antes dos treinos para melhorar a técnica e antes das provas como forma de aquecimento.

Fui atrás de como fazer os exercícios educativos e achei um vídeo que explica como fazer alguns deles:

Eu já inclui estes exercícios na minha rotina, e você? Vambora?