A Academia Bio Ritmo sempre dá algumas dicas no instagram @bioritmo_oficial para melhorarmos nossa experiência na academia e render mais nos treinos, alcançando assim os nossos objetivos. E hoje reuni cinco relacionadas à alimentação para vocês! 🙂

alimente-se-antes-de-treinar

Não treine de estômago vazio! Assim, você não corre o risco de ter tonturas, desmaios ou queda de pressão. Fazer uma refeição balanceada antes de treinar faz com que seu desempenho seja melhor!

dica-de-pre-treino

É muito importante se alimentar corretamente antes da atividade física. Para garantir o combustível do seu treino e fornecer uma recuperação muscular rápida após o seu esforço, siga a dica da nutricionista da Bio Ritmo, Fúlvia Hazarabedian, e prepare esse suco energético e termogênico:

3 colheres de sopa cheias de polpa de açaí congelado
150 ml de chá verde frio (150 ml de água fervente com 1 colher de sobremesa de chá verde seco)
2 lâminas de gengibre in natura
Suco de 1 laranja sem o bagaço

Basta bater tudo no liquidificador e consumir entre 30 a 15 minutos antes do treino. 🙂

pos-treino-dica

Terminou o treino e bateu aquela fome quando chegou em casa? Invista nos shakes pós-treino para garantir resultados ainda melhores! A nutricionista da Bio Ritmo, Fúlvia Hazarabedian, dá a receita:

1 banana prata ou nanica
1/2 copo de água gelada ou água de coco gelada
20 a 30 gr de whey protein hidrolisado sabor baunilha
2 colheres de sopa de polpa de mirtilo ou blueberry

Bater todos os ingredientes e consumir em até 45 minutos após o término do treino.

alimente-se-de-tres-em-tres-horas

E você sabe porque temos que comer de três em três horas? Nosso corpo precisa de combustível e, sem ele, perdemos energia. Alimentar-se nos horários certos evita excessos nas principais refeições e mantém o metabolismo acelerado. Não fique longos períodos sem comer. 😉

alimentos-termogenicos

Você sabia que alguns alimentos podem colaborar com o aumento do gasto calórico do seu organismo e acelerar seus resultados? Chamados de termogênicos, alimentos como a pimenta vermelha, o chá verde, o chá branco, a canela, o gengibre, alimentos ricos em ômega 3 e até mesmo o café são capazes de aumentar o gasto calórico do organismo durante a digestão e o processo metabólico. Vale a pena incluí-los no cardápio e aproveitar seus benefícios. Inclusive já falamos dos alimentos termogênicos aqui também! 😉

Bons treinos, mulherada!

post_parceiros_BR_2015

Em outubro do ano passado, a Academia Bio Ritmo lançou uma nova aula que prometia desafiar nossos limites, a Race Bootcamp. Com duração de 45 minutos, a aula mistura corrida, musculação e funcional, trabalhando o corpo intensamente, com a frequência cardíaca lá em cima o tempo todo para garantir a queima de calorias por várias horas.

Dá uma olhadinha nesse vídeo para ter uma ideia de como é o treino:

Se o teaser já não fosse suficiente para me deixar super curiosa, uma das salas da unidade em que eu treino foi inteirinha reformada apenas para receber o Race Bootcamp! A antiga sala de Running, que tinha uma luz azul (vocês já devem ter visto alguma foto minha ao estilo “smurfete” no Instagram do blog por conta dessa luz, rs), ganhou luzes vermelhas, paredes pretas e letreiros em neon, indicando que a coisa lá dentro PEGA FOGO! rsrs

Sala do Race Bootcamp na Bio Ritmo Paulista

A gerente de ginástica da Bio Ritmo, Julia Michelin, explica o motivo para essa ambientação especial: “No Race Bootcamp, vários desafios são propostos ao longo do treino e a ambientação com sonorização e iluminação, de alguma forma, contribui para o estímulo do aluno que se sente motivado a chegar no seu máximo”.

Mas… Na época em que essa aula foi lançada, eu estava focada na reta final dos meus treinos para a meia maratona e achei melhor deixar para depois. Passou a meia, passou o Natal, passaram as férias… rsrs… Bom, já estava passando da hora de eu encarar essa aula, né? Finalmente, fui! E gente… Que aula é essa??? 😀

Sim, o treino é puxado! Hahahaha… Mas não apenas sobrevivi como voltei, rá, e agora posso contar para vocês como é! 😛

São três tipos de treino: Lower Body (membros inferiores e abdôme), Upper Body (membros superiores) e Full Body (todo o corpo). Apesar de focarem em áreas diferentes do corpo, a estrutura dessas aulas é bem similar.

A sala é dividida em duas turmas – metade vai para a corrida (na esteira) e a outra metade para o funcional, trabalhando com halteres, faixas elásticas e alguns exercícios calistênicos. A cada série (de cerca de 5 minutos), as turmas fazem um rodízio entre a esteira e os exercícios de fortalecimento, tudo isso com intervalos bem curtos para manter a frequência cardíaca elevada.

E olha, sobe mesmo, achei que meu coração sairia pela boca! Hahahaha…

Na esteira, o trabalho é intenso, com inclinação e a velocidade mínima (sugerida) a partir dos 9 km/h. No solo, você escolhe o peso dos halteres e também define a intensidade do exercício, de acordo com o seu condicionamento. Como são “só” cinco minutinhos em cada rodada, vai… acelera!!! rs

Eu adorei a aula, é bastante desafiadora, especialmente se você já treina há algum tempo e está buscando algo diferente para testar seus limites. Isso significa que, na minha opinião, não é uma aula para quem está começando a fazer a academia agora, sabe? Acho que precisa ter um certo condicionamento para aproveitar melhor a proposta. 😉

Por enquanto, o Race Bootcamp está disponível nas unidades Paulista, Moema, Cerro Corá, Santo André e Chácara Santo Antônio. Se você não é aluno na Bio Ritmo, mas gostaria de expermimentar essa aula, consulte os horários na unidade mais perto de você e peça um free pass.