Para celebrar o lançamento do Nike Air Zoom Pegasus 34, tênis que aproveita algumas das tecnologias desenvolvidas para o projeto Breaking 2, a Nike nos convidou para correr no Speedland, um kartódromo que fica no bairro do Tatuapé, em São Paulo (do lado de casa! rs). E como todo mundo queria acelerar na pista, nos dividimos em equipes para uma competição de revezamento – foi bem divertido! 🙂

E ainda gravamos esse videozinho mara!! 😀

Ficou muito massa, não?! Adorei! rs

Se correr no asfalto não é nenhuma novidade para a maioria dos corredores, tem um detalhe importante em uma pista de kart que não estamos tão acostumados assim: elas são cheias de curvas, algumas bem fechadas! Então, além de testar o novo tênis – que vai ganhar uma resenha detalhada aqui no blog logo mais –, nós também aprendemos algumas dicas com a Milena Preter, coach do NRCSP, de como acelerar e desacelerar com segurança nos trechos mais sinuosos do percurso. 😉

Claro que não podia deixar de compartilhar essas dicas com vocês, né? Afinal, quem nunca sentiu uma raivinha quando percebeu que perdeu velocidade depois de uma curva inesperada?! 😛 Hahahaha…

A primeira dica é aquecer bem o corpo, por pelo menos de 15 a 20 minutos antes de começar a correr. “Sem esse aquecimento, fica inviável começar o treinamento, que pode provocar lesões ou fornecer algum incômodo durante o exercício. Toda cautela no início do treinamento de pista é pouca, e isso deve ser um ponto muito importante para todos os corredores que desejam treinar e se tornar melhores”, ressalta Mi.

Outra preocupação é com relação ao tipo de tênis que você vai usar. “Para treinos de velocidade, o mais indicado é usar um calçado voltado para treinos em pistas, que deem impulsão e boa estabilidade”, orienta a treinadora. “A pista favorecerá a sua impulsão durante a corrida, tornando o exercício mais veloz. Para alguns corredores que estão começando, isso pode ser um perigo e comprometer o tornozelo e outras articulações.”

Respeitar o ritmo proposto do treino e não tentar fazer mais do que foi pedido também é um ponto que deve ser analisado. “Os corredores iniciantes podem se sentir ansiosos para correr a mais uma repetição de um treino na pista, fazendo com que o corpo se desgaste além do que poderia. O ritmo certo e o treino certo quem define é o seu treinador; caso você não tenha, monte algo de acordo com o seu nível e objetivos, ao passo de que também é possível fazer treinos longos e regenerativos em um terreno como esse”, explica Milena.

Para os corredores mais experientes, o processo de acelerar e desacelerar nas curvas acaba sendo automático, a medida que é algo gradual. Já os corredores iniciantes devem tomar o máximo de cautela no início do treinamento para assimilar todo esse processo e fazê-lo sem que haja sobrecarga nos músculos. “Ao entrarmos em uma pista com muitas curvas, alguns metros antes, já começamos a desacelerar e diminuir a mecânica. E, com a mesma velocidade que o corredor desacelerou, ele deve acelerar gradualmente até assumir a velocidade anterior à curva. Não há uma aceleração nem desaceleração brusca”, orienta Mi.

Muitos corredores erram nas curvas porque acabam acelerando no momento errado. “O ideal é que haja um desaceleramento na curva, uma vez que elas devem ser feitas com um ritmo mais lento. Isso ajudará o corredor a não se sentir fadigado ao final da curva e voltar ao ritmo certo quando entrar novamente em um sentido reto.”

Conhecer o percurso e o exercício que você fará com antecedência é outra dica da treinadora. “Ao conhecer o percurso, você se prepara mentalmente, montando uma estratégia para encarar cada parte dele. É esse conhecimento que fará com que você esteja ciente dos momentos certos para acelerar, desacelerar, ampliar a mecânica dos movimentos ou parar, e também quais ritmos utilizar durante o treinamento”, explica. “Quando o percurso é conhecido, o corredor leva mais vantagens porque sabe exatamente o que fazer e como fazer.”

Espero que com essas dicas vocês possam encarar as curvas sem medo de perder o ritmo! 😀

 

Na última quarta-feira, aconteceu o lançamento oficial do Nike+ SP Running Club (N+SPRC), e fomos convidadas para conhecer de perto este clube de corrida, que promete trazer novos desafios e agitar os treinos dos corredores paulistanos.

Nike SP Running Club

Pensando na vida agitada que os paulistanos levam, onde é cada vez mais difícil seguir uma rotina, o clube de corrida na cidade será itinerante. A idéia do projeto é oferecer um novo desafio aos praticantes, passando por locais inusitados da capital paulista.
Destinado a todos os perfis de corredores, do iniciante ao avançado, o N+SPRC surge com o objetivo de oferecer um olhar diferente sobre a corrida em São Paulo. A proposta é oferecer uma experiência divertida e dar a possibilidade de se conectar com outros esportistas, conhecer diferentes locais e tipos de treino e ficar por dentro das principais novidades de corrida da Nike.

news.nike.com

 

Fiquei MUITO feliz com a novidade e achei a proposta de clube itinerante genial!
Já participei de um treino do Nike+ Ipanema Running Club, adorei a organização e principalmente a energia do pessoal. Tanto eu, quanto as demais meninas da equipe, lamentávamos de não ter algo parecido por aqui. A possibilidade de finalmente acontecer em Sampa e em lugares diferentes (e inusitados) pela cidade, nos deixou super animadas.

1Nike+SP Running Club

O lançamento do Running Club da Nike SP aconteceu na pista de atletismo do Ginásio do Ibirapuera e tudo foi muito bem pensado e organizado. Teve música boa, animação full time da equipe, reencontro ‘cazamigas’ (yay!) e até com o professor Celso da GO Personal. \o/

2 Nike + SP Running Club

Bate papo rápido com Higor Silva Alves, campeão brasileiro de salto em distância.

Recebemos a camiseta oficial N+SPRC e tênis para testar, o queridinho da vez foi NIKE Air Zoom Structure 18 (a Carô falou dele neste post) que acabou de ser lançado. Mas acabei pegando para testar o meu tênis-desejo, o Pegasus 31. *_*
O evento também contou com a presença do campeão brasileiro de salto em distância, o paulista Higor Silva Alves.

3 Nike+SP Running Club

Por meio de uma Kombi itinerante, o N+SPRC vai estar cada sábado em um lugar diferente da cidade. O veículo servirá de apoio aos treinos com guarda-volumes, carregador de celular e produtchinhos para testar. <3

4NIKE+ SP RUNNING CLUB

Interior da Kombi e Camiseta do Clube de Corrida

O treino puxado pela Assessoria Núcleo Aventura, começou com aquecimento e logo os convidados foram divididos em dois grupos, um para treino funcional e outro para corrida. Cada volta completada, um pace diferente. Se o corredor não completasse no tempo determinado, era automaticamente desclassificado.
Após a corrida, houve troca com os que estavam fazendo o treinamento funcional. No final todos participaram de uma corrida de revezamento com bastão (4x100m). O treino terminou com alongamento.

7 N+SP Running Club

Enquanto uns corriam, outros faziam treino funcional.

5 N+SPRC 6 N+SPRC

8N+sprc

Alongamento Final

Infelizmente não pude participar da corrida por causa da fratura recente. Estou liberada para voltar aos poucos, mas ainda não posso forçar a coluna. Fiquei do lado de fora da pista morreeeendo de vontade de correr. Mas ok, na próxima vez mato tooooda a minha vontade. Ahhh pixxxta, ainda vou lhe usar!

Erica N+SPRC

A Japão ficou só na vontade :'(

Nike+ SPRC destaque

A galera reunida (Foto: Gabriela Batista | Flickr Nike Corre)

A estréia do N+SPRC acontece no próximo sábado, dia 25 (inscrições encerradas).

Para se inscrever e conhecer a programação dos próximos sábados acesse: gonike.me/nikecorresp

1