NRC pelas ruas de Sampa! (Divulgaçao/Nike)

NRC pelas ruas de Sampa! (Divulgaçao/Nike)

Em agosto, a Nike lançou uma nova versão do seu tradicional aplicativo de corrida e agora em outubro a marca anuncia o novo formato do Nike+ Run Club em São Paulo (SP). São quatro opções de treinos presenciais durante a semana, para todos os perfis de corredores. Nós participamos de cada um deles e contamos para vocês mais detalhes. 😉

Segunda, às 19h34 – Treino dos Calouros 

O Treino dos Calouros, como o nome diz, tem foco nos corredores iniciantes. Se você está começando a correr e quer tirar dúvidas com um treinador ou simplesmente uma motivação extra para continuar na corrida, esse é o treino ideal. Os corredores são divididos em grupos com diferentes ritmos e/ou distâncias, conforme o condicionamento atual. E os pacers da Nike acompanham o tempo todo!

Em São Paulo, o Treino dos Calouros é realizado no Parque do Povo – mas atenção para o ponto de encontro, que não fica dentro do parque e varia conforme o treino. Você pode ver o local certinho na página do treino no site ou no aplicativo. 😉

Treinos com foco em velocidade no Voando Baixo (Divulgação/Nike)

Treinos com foco em velocidade no Voando Baixo (Divulgação/Nike)

Terça, às 19h34 – Voando Baixo 

Esse treino combina velocidade e alta intensidade, e é voltado para quem quer melhorar a performance. Ao chegar no treino, você pode escolher se quer correr Rápido (paces 6), Bem Rápido (paces 5) ou Super-rápido (paces 4 e 3) – dentro de cada uma dessas categorias, os corredores são divididos em grupos conforme seu ritmo nos 5k (por exemplo, no Rápido são 6’00, 6’15, 6’30 e 6’45).

O ponto de encontro do Voando Baixo é na Praça Cidade de Milão (R. Diogo Jácome, 271) e o treino acontece dentro do Parque Ibirapuera. Há também treinos especiais em pista de atletismo. 😀

Quarta, às 19h34 – Corre Junto

O treino Corre Junto é um treino para se divertir correndo sem objetivos grandes de tempo, a pegada desse treino é correr papeando e conhecendo a cidade. Ele sai da Nike Store do Shopping Morumbi (Av. Roque Petroni Junior, 1089 – Piso superior, loja 58) e acontece nas redondezas do shopping.

Há sempre três distâncias e pacers para te acompanhar em cada uma. Como todos os treinos, ele começa com um check-in (chegue sempre 30 minutos antes para fazê-lo com calma) e depois todos se dirigem para uma praça perto do shopping para um alongamento, seguido da corrida e voltam pra essa mesma praça para um alongamento final. No meio do percurso sempre tem água geladinha para refrescar, e na volta pra loja tem isotônico.

É um treino ótimo para quem quer correr e relaxar, ótimo também para quem tá começando.

Sábado, às 7h14 – Longão

O treino longão é a oportunidade de fazer distâncias maiores acompanhado. Ao chegar, você faz o check-in e escolhe qual a distância irá correr: 8k, 12k e 16k. Os grupos são divididos conforme o pace, que varia de 5′ a 6’30”.

O ponto de encontro dos treinos de sábado é na Praça Betione (Av. Diógenes Ribeiro de Lima, 600) e o longão é feito da praça até a USP e dentro da Cidade Universitária. Há pacers para te acompanhar e puxar o ritmo. Como em todos os NRCs também há sempre guarda-volumes para deixar suas coisas. 😉

Como participar

Os treinos da Nike são disputadíssimos, por isso é preciso ficar atenta para a data e o horário de abertura das inscrições para garantir sua vaga. Você pode se cadastrar pelo app (na aba Clube >> Eventos) ou pelo site. Além do apoio do treinador e dos pacers, a Nike oferece toda a estrutura de guarda-volumes, música, água, comidinhas e a oportunidade de testar os tênis da marca. O NRC também tem treinos presenciais de corrida no Rio. A participação é totalmente gratuita.

Os treinos do NRC em São Paulo têm muita animação e são ótimos para motivar (Divulgação/Nike)

Os treinos do NRC em São Paulo têm muita animação e são ótimos para motivar (Divulgação/Nike)

E para quem mora longe?

Quem não mora em São Paulo ou no Rio pode baixar planos gratuitos de corrida em PDF no site da Nike (5k, 10k, 15k, 21k ou 42k) ou usar a função Treinador do aplicativo para ter uma planilha de corrida focada em um objetivo específico e adaptada para o seu ritmo, disponibilidade e condicionamento.

São três opções de plano: Início (para quem está começando ou voltando a correr, com duração de 4 semanas), Fique em Forma (para quem não tem um prova específica em mente, com duração de 8 semanas) e Prepare-se para o Dia da Corrida (planos de 4 a 26 semanas, dependendo da distância a ser percorrida). Você responde um pequeno questionário com volume de treino atual, seu peso e altura e o número de vezes que poderá treinar na semana e o sistema adapta a planilha para você. Os dois últimos planos, aliás, combinam treinos de corrida com os de fortalecimento do app Nike Training Club para que você tenha uma preparação mais completa.

Treinar com app funciona?

Bom, tem vantagens e desvantagens. Veja nosso post Aplicativos de Treino: Modo de Usar para mais detalhes. 😉

nike-training-club-app3O Nike Training Club é um dos apps mais populares para treinar em casa (Divulgação/Nike)

Já falamos aqui no blog sobre o NikeWomen Victory Tour e uma das coisas que mais chamou a atenção é que um dos critérios de seleção das participantes, tanto da meia maratona, como do treino de fortalecimento, será o uso regular de dois aplicativos da marca: o Nike+ Running (de corrida) e o Nike Training Club (de exercícios).

Mas será que treinar com o auxílio de apps funciona mesmo? Dá para evoluir e tudo mais?

A verdade é que não tem resposta certa, mulherada! Os aplicativos têm suas vantagens e desvantagens, e é preciso levar em consideração alguns fatores antes de declarar seu amor (ou ódio, hehehe…) à tecnologia. 😉

Aplicativos de corrida

Existe inúmeras opções de apps de corrida para você baixar e experimentar. Alguns são totalmente gratuitos, enquanto outros apresentam uma versão paga mais completa. Já falamos aqui no blog sobre Nike+ Running, RunKeeper, MiCoach, Endomondo, Sports Tracker, My Asics e Runtastic (leia mais aqui). E ainda tem muitos outros!

Sempre que alguém me fala que quer começar a correr, mas não quer investir de cara em uma assessoria ou personal, sugiro experimentar um desses aplicativos. A maioria traz programas de treinamento para iniciantes e envia alertas para o seu celular, o que ajuda a desenvolver uma das coisas que acho mais difíceis quando estamos começando uma atividade física: criar o hábito de treinar regularmente. Eu mesma comecei a correr com o auxílio de um app. 😉

Antes de usar, é legal você conhecer bem o aplicativo para ter certeza de que não vai precisar de nenhum acessório extra para acompanhar seus treinos, como um monitor de frequência cardíaca, e se ele funciona em todos os ambientes em que você pretende treinar (alguns só funcionam na rua com GPS e não na esteira). Seguindo a planilha sem imprevistos, dá para conseguir bons resultados com os apps.

Nike+ Running AppApps de corrida são legais para registrar seus treinos e acompanhar sua evolução (Divulgação/Nike)

Agora, se você já treina há algum tempo sozinho e não consegue atingir seu objetivo, é hora de considerar ter a ajuda de um treinador que possa desenvolver uma planilha de treino individualizada. Você pode descobrir que precisa melhorar sua postura para ter mais eficiência, por exemplo, ou que se adapta melhor a outra metodologia de treinamento. Ou ainda, que precisa fortalecer determinada parte do corpo ou mesmo tratar algum problema de saúde antes de evoluir na corrida. Isso são coisas que um aplicativo não consegue identificar (ainda! rs).

Aliás, é muito importante ter em mente que os treinos dos apps não consideram lesões, dores e outras dificuldades que você pode encontrar ao longo dos treinamentos. Por isso, diante de qualquer sinal de alerta, procure um profissional de educação física para lhe orientar.

Hoje tenho uma assessoria esportiva, mas ainda uso o app de corrida para registrar meus treinos. Assim, consigo comparar meu desempenho em um mesmo percurso e usar os gráficos para acompanhar minha evolução.

Aplicativos de exercícios de fortalecimento

A gente sempre fala que um bom treino de corrida inclui o fortalecimento do corpo, e também é fácil encontrar opções de aplicativos com exercícios para fazer em casa, sem falar em vídeos no YouTube. A maioria desses apps tem versão gratuita limitada e você precisa pagar para ter acesso ao programa completo. Totalmente gratuito, só conheço o Nike Training Club. Se você conhecer outro, conta para mim nos comentários! 😉

Os aplicativos são muito práticos porque você consegue treinar em qualquer lugar. Se estiver viajando, por exemplo, dá para fazer na academia ou mesmo no quarto do hotel. Aqui também é importante conhecer o app antes de começar a usar porque você pode precisar de equipamentos para realizar os exercícios, como pesinhos, corda, elásticos, bolas etc.

Para quem não tem muita familiaridade com esse tipo de exercício, pode ser complicado acompanhar no começo, ainda mais se você nunca fez um treino similar com acompanhamento de um profissional antes. Os programas têm níveis de dificuldade, do iniciante ao avançado, e explicações detalhadas de como realizar os movimentos – e é fundamental prestar atenção para fazê-los corretamente. 

No Rio e em São Paulo, a Nike promove alguns treinos presenciais do NTC e eles são uma boa oportunidade para você aprender os exercícios do programa antes de fazer sozinha em casa.


Consciência corporal é algo que desenvolvemos com o tempo e, na maioria das vezes, não percebemos que estamos “tortas”, distribuindo o peso de forma desigual e forçando demais um lado do corpo, por exemplo. Se possível, treine na frente do espelho porque fica mais fácil. E se sentir qualquer incômodo na realização do exercício, ou alguma dor mais persistente após uma sessão de treinamento, procure um profissional. Você pode estar fazendo algum movimento errado, ou pode precisar fortalecer/alongar mais alguma parte do corpo, e isso o app (ainda! rs) não consegue apontar.

Resumindo…

Os apps são uma boa opção para quem está começando e quer incluir os treinos na rotina, ou em situações em que precisamos treinar sozinhas, como em uma viagem, por exemplo. Porém, você precisa redobrar a atenção aos sinais do seu corpo já que o aplicativo não tem como corrigir um movimento errado ou ajustar seu treino caso você encontre alguma dificuldade. Diante de qualquer problema, é preciso buscar a orientação de um profissional!

Agora que você já sabe como tirar melhor proveito dos apps, que tal aproveitar o feriado do Carnaval para experimentar? E não deixe de contar pra gente nos comentários o que você acha de treinar com aplicativos, se você gosta ou não! 🙂

12