Falamos sobre a hashtag #corremulherada neste post e hoje é dia de postar tudo o que aconteceu no instagram no mês de maio. Tem de tudo: corridas, alimentação saudável, muitos sorrisos, superação e mais superação. Muito bom ver o que passou, se animar a começar a se exercitar. A corrente do bem que forma é motivadora. 🙂

E você? Já segue o Corre Mulherada no instagram?? Corre lá! Está cheio de dicas, motivação e muito mais!

“Preciso correr! Quero correr, mas tenho taaanta preguiça…Acho que vou amanhã”, “Não corro porque não tenho roupa”,  “Não corro porque não tenho dinheiro pra pagar academia”, “Não corro porque sou gordinha e tenho vergonha”, São tantas e tantas desculpas que a gente dá, tanto empecilho que colocamos pra não praticarmos uma atividade física, que hoje vou jogar um balde de água fria em vocês, assim como recebi um quando li a matéria na Revista O2.

thCA003ZDE

Se você é de São Paulo e frequenta as corridas de rua de lá, já deve ter visto elas em alguma (Eu já vi!). Estou falando da Beatriz (Bia) e da sua mãe Claudia Schaefer.

Claudia e Bia

Claudia e Bia

Bia é uma adolescente de 18 anos que nasceu com deficiência física, auditiva e mental, sua mãe Claudia de 45 anos, professora infantil em São Paulo, sempre gostou de correr e foi em um dia, fazendo exercício de marcha com Bia que ela percebeu que  a adolescente queria “acelerar”, aproveitou que estava no parque e foi dar uns trotes com a Bia na cadeira de rodas, e advinha? Ela adorou! E desde então as duas vêm colecionando medalhas e sorrisos por onde correm.

Bia transparece no seu rosto o quanto adora correr e faz até graça com o pessoal que fica pra trás.

No inicio Bia usava uma cadeira de rodas comum para treinar, o que era bastante cansativo, tanto pra Bia quanto pra Claudia. Mas graças a boa alma de um patrocinador, Bia agora tem uma cadeira especial para as corridas.

No ano passado as duas completaram a corrida de São Silvestre, e agora treinam para que a Bia tenha a alegria de completar uma maratona.

Vejam um vídeo que conta um pouquinho mais da história dessas duas vitoriosas:

 Fonte: Revista O2, Globo.com e R7.com

Vai dizer que não é uma mega motivação pra você (e eu) calçarmos os tênis e sair por aí correndo?