Olá mulherada!

Quantas vezes no meio de uma corrida, seja uma prova ou um treino, você se pegou pensando que nada ia dar certo? Que era melhor andar, ou até mesmo, desistir?

Isso já aconteceu com todo mundo! (ou sempre acontece) E é por conta disso acontecer com todo mundo e com muita frequência (praticamente toda corrida!) que eu decidi escrever e dar algumas dicas para te ajudar naquela hora que o diabinho colar no seu ombro. 😛

Porque muitas vezes nós nem notamos esses pensamentos, só sentimos que nada está dando certo. Mas detectar esses pensamentos e criar mecanismos para afastá-los não só fará você correr melhor, como também, correr mais leve. 😉

tente-outra-vez-mensagem

Reconheça os pensamentos negativos

Padrões de pensamentos negativos são repetitivos e improdutivos. Eles não servem a nenhum propósito real e causam emoções negativas, as nossas emoções são um reflexo de nossos pensamentos e sentimos isso diretamente no nosso corpo. Uma vez que aprendemos a reconhecer e identificar os pensamentos negativos quando eles ocorrem, podemos começar a ter uma escolha sobre como reagir. 

Então tente identificar quando surgem os pensamentos negativos, para você começar a reagir contra eles. Preste atenção a si mesmo, preste atenção ao que você pensa enquanto corre. Torne-se um observador curioso dos seus pensamentos.

Não sofra por antecedência!

Muitas vezes o pensamento negativo pode assumir a forma de imaginar ou esperar que as coisas ruins vão acontecer ou que nada de bom vai acontecer para você. Você pode se preocupar com uma lesão ou um treino não dando certo, mesmo que nada tenha realmente acontecido ainda.

Este é um exemplo de quando pensamos pensamentos negativos, a mente se lança para o futuro e evoca cenas e pensamentos sobre o que poderia dar errado. Evite fazer isso, troque seu pensamento para algo de sucesso, pense que você não irá se lesionar, que o treino transcorrerá bem, que você terminará a prova bem. Faça boas projeções.

Lembre-se que ninguém é perfeito.

Outro pensamento negativo é criticar-se constantemente. Você pode ser muito duro consigo mesmo, concentrando-se em todas as suas fraquezas e falhas. Não faça isso! Isso pode ser a causa da tremenda pressão que você sente. A auto crítica muitas vezes anda de mãos dadas com a baixa auto-estima e falta de confiança.

Confie em você! Tente se elogiar quando terminar um treino ou quando alcançar um objetivo, e não só isso, valorize suas qualidades e lembre-se sempre delas. Todos nós somos seres humanos únicos e especiais. <3

habitos

Não chore pelo leite derramado.

Quem ai já ouviu essa frase? Parece boba, mas faz todo o sentido. Adianta chorar pelo leite derramado? Não. Então faça o mesmo com as outras coisas.

É fácil se debruçar sobre os seus erros, mas a única coisa que você pode fazer é aprender com eles e seguir em frente. Não conseguiu treinar? Bola pra frente! Algo aconteceu como você não esperava? Aprenda com isso e toque a vida.

Todo dia temos um dia inteiro de novas oportunidades, de fazer melhor, de fazer o que é possível… não fique “sofrendo” com o passado, ele já foi. Não há nada de negativo sobre simplesmente refletir sobre experiências passadas. É assim que aprendemos e amadurecemos como pessoas, a negatividade surge quando você insiste em uma situação várias vezes, sem intenção real de aprender e seguir em frente – mas em vez disso você fica se lamentando ou desejando que as coisas fossem diferentes em vez de aceitar as coisas como elas são.

superar

Tire uma lição e siga em frente. 😉 Não sofra!

Todos tem problemas, e muitas vezes piores que o seu.

Os pensamentos negativos muitas vezes giram em torno do que há de errado em nossa vida. Sua atenção se fixa sobre isso e exagera os chamados aspectos negativos da vida. E ai sua mente esquece de tudo que está indo bem.

Toda vez que você focar no que está acontecendo de ruim, tente mudar o foco. Eu sei que é difícil, mas ao se esforçar e focar no que está dando certo (vendo o lado bom das coisas), você deixará os pensamentos negativos para trás.

Sem contar que há sempre alguém no mundo em pior situação que a gente, e não será numa corrida que escolhemos como atividade para nos divertir e dar prazer, ou, durante os treinos que nos trazem saúde, que você terá problemas. 😉 Isso é só uma parte da sua vida. Lembre-se disso.

Então no meio da corrida surgiu um pensamento que está deixando suas pernas mais pesadas, respire fundo e lembre-se que mais pessoas estão na mesma situação que você e reaja. E nunca, nunca se esqueça: você não está sozinho! E o principal, você não está sozinho e as pessoas continuam, siga em frente também!

Viva o presente! Ele não tem esse nome à toa. 

Observe que muitos pensamentos negativos fluem principalmente a partir de duas direções. O primeiro é reviver o passado, talvez você rumine sobre seus erros, problemas, culpa e qualquer coisa em sua vida que não aconteceu como você esperava. A segunda é se preocupar com o futuro, medo do que pode ou não pode acontecer por si mesmo ou os outros.

Para não ficar numa espiral de pensamentos negativos, tente pensar mais no presente, redirecione sua atenção para o aqui e agora. Dê ao presente momento a sua atenção absoluta. Uma forma de fazer isso é observar o que está acontecendo ao seu redor, e não entre num diálogo mental sobre o que você vê, tente focar nos seus sentidos: ouça o ambiente, cheire o ar, sinta a sensação do ar na sua pele e o chão que você pisa.

Ao fazer isso você irá se concentrar tanto no presente, que não terá tempo para remoer o passado ou se preocupar com o futuro. Quando você está realmente no momento presente, o passado e o futuro não têm poder sobre você. 😉

viva-cada-dia

Vai dar errado? Não! Vai dar certo.

Se você está correndo e vem o pensamento de que algo irá dar errado, mude seus pensamentos para o que poderia dar certo. Algo muito importante e que você nunca pode esquecer é que a mente só pode pensar um pensamento de cada vez, mudando assim do negativo pro positivo, você elimina o negativo.

inspira-respira-nao-pira

Use para isso uma afirmação. Comece afirmando para si mesmo algo positivo e que se auto sustente. A mente vai se concentrar no que você está repetindo para si mesmo. Por exemplo: “Eu treinei para isso“, “Eu consigo sim, eu sei que consigo“.

Você também pode usar humor e diversão. Nós ficamos muito sérios e estressados quando nós estamos pensando pensamentos negativos. Pense em algo engraçado para mudar a energia, ou se os pensamentos já estão aparecendo antes de você correr, faça algo divertido como passear ou sair com os amigos. Não deixe que seus pensamentos negativos tenham poder sobre você. Seja proativo em eliminá-los.

Leia frases positivas

151208-premio

Lá no nosso instagram todo dia nós postamos frases motivacionais, não deixe de nos seguir. 😉

! Lembre-se que o pensamento negativo que você está pensando é “apenas um pensamento negativo“. Pensamentos negativos ganham impulso cada vez que você pensa um ou outro. Então pare de pensar neles!

😉 Espero que tenham gostado e que este texto te ajude a alcançar seus objetivos.

Olá mulherada!

Já fizemos aqui um guia para começar a correr e agora montamos um guia para evoluir na corrida. Afinal, tem uma hora que você já está correndo e sente que está na hora de dar mais um passo, não é?

Se você se identificou, parabéns! Afinal, você já completou muitas corridas e agora tá partindo para um novo desafio. 😉

Seja seu objetivo uma corrida de 8 km, uma corrida de 10 km, uma meia maratona ou uma maratona, este guia vai te ajudar a alcançar o seu objetivo. 😉 Então vem com a gente!

guia-evoluir

Antes de aumentar a distância, vale as mesmas dicas de quem está começando

  • Faça um check-up: Depois de alguns meses correndo, vá novamente ao médico e refaça os exames. Veja se está tudo bem. Assim você aumentará os treinos ou a distância sem preocupação.
  • Escolha um bom tênis: Verifique se o tênis que você usa é apropriado para a distância que pretende treinar. Alguns tênis são voltados para corridas curtas, enquanto outros são para corridas longas. Isso é muito importante, por conta do amortecimento. Quanto maior a distância, mais amortecimento você precisará nos treinos. Com o amortecimento certo, você ajuda a evitar as temíveis lesões.
  • Use roupas confortáveis e ideais para correr.
  • Melhore sua alimentação, afinal seu corpo precisará de mais energia para correr mais.
  • Respeite seu corpo.

Se você quiser saber mais sobre as dicas acima, acesse o guia para começar a correr. 😉

titulo-aumente-a-distancia

Como saber quando é a hora de aumentar a distância? Quando você corre com facilidade uma distância já conhecida, isso indica que seu corpo já se acostumou com a distância. Daí tá na hora de um novo desafio.

Mas não vá pular dos 5 km/10 km pros 21 km. Tenha paciência e aumente gradativamente. Os treinadores indicam que, dependendo do seu nível (o quanto você treina, há quanto tempo você corre), você aumente de 500 m a 2 km por semana, geralmente no treino longo (o famoso longão).

Também é indicado que no dia que você aumentar a distância, faça isso num percurso plano. E se você sentir a necessidade de caminhar… caminhe, o importante é estimular seu corpo a nova distância, seja correndo tudo ou andando uma parte.

Aos poucos seu corpo vai se acostumando com o novo estímulo e com isso você vai aumentar seu tempo correndo. Sentiu algum incomodo? Pegue leve, descanse. O objetivo principal é chegar na nova distância sem se machucar, então tenha paciência! 😉

titulo-siga-uma-planilha

Não faça sempre os mesmos treinos, dê novos estímulos para seu corpo. Em um dia faça um treino de ritmo ou de tiros, em outro de estabilidade, em outro um longão, um regenerativo, um intervalado… Mas como saber qual o melhor tipo de treino e quanto treinar?

A melhor pessoa para te orientar é um educador físico, sem dúvidas. Mas sabemos que nem sempre é possível, então no mínimo, siga uma planilha. A planilha normalmente é montada com treinos escolhidos para você evoluir com ela, e ela ajuda de diversas formas quem quer aumentar a distância. Ela te ensina quando você deve descansar (descanso também é treino!) e quando deve forçar um pouquinho, te ajuda a ter frequência nos treinos e principalmente, a conquistar seu objetivo.

titulo-fortaleca

Você pode odiar malhar, mas sinto lhe informar que ao aumentar a distância é recomendado que você também fortaleça seu corpo.

Se você fizer alguma atividade de fortalecimento, seu corpo irá sentir bem menos o aumento dos treinos e da distância e a chance de se machucar é muito menor.

E não vou dar só a má notícia (caso você não goste de malhar), vou dar uma boa notícia também… corpo forte, com mais músculos, gasta mais energia. Então as calorias gastas na corrida irão aumentar quando você trocar a gordura por massa magra, e massa magra também faz a gente correr melhor. 😉 Te animei?

Então, faça alguma atividade de fortalecimento!

titulo-cuidado-com-as-lesoes

Manter treinos regulares, seguir uma planilha e fortalecer já te ajudarão a deixar as lesões bem longe de você. Mas tem dia que dá aquela preguiça e você falta no treino de corrida ou de fortalecimento, ou então, você tá super animada e decide correr mais rápido naquele dia que o treino era uma corrida leve… não faça isso! As duas situações são ruins.

No dia você pode achar que não tem problema nenhum matar o treino, mas treino não feito tem que ser avisado ao seu treinador pra ele alinhar se precisa mudar algo ou não. E se você não tem treinador, tome cuidado para não faltar principalmente nos longos, pois pular um treino longo fará seu corpo sentir muito mais o longão seguinte.

Quanto a acelerar nos momentos que deveria pegar leve… é nessas horas que você força seu corpo e pode ganhar uma lesão. Pois é. Siga o solicitado na planilha, se sentir que está muito fácil… aproveite e divirta-se! 😉 Nem sempre os treinos são gostosos de correr, então aproveite. Vai chegar o dia que você morrer nos treinos de ritmo ou nos tiros (treinos para ganhar velocidade) e você vai lembrar do treino leve com saudades, rs. Vai por mim! 😉

Outra dica é não começar muitas atividades físicas diferentes ao mesmo tempo, ou mesmo, aumentar do nada seus treinos de 3 x por semana para 6 x por semana, por exemplo. Seu corpo vai sentir e pode mostrar isso com alguma lesão, então o maior segredo para não se machucar é ter paciência e ouvir seu corpo. 😉

titulo-nao-deixe-sua-mente-te-sabotar

Quando aumentamos a distância, descobrimos que correr aqueles 5 km já nem são tão mais difíceis como pareciam antes. Na maioria das vezes por conta da cabeça. Nós somos movidos pela mente, e ela pode nos sabotar.

Você já estava acostumada a correr os 5 km ouvindo música ou observando a paisagem e de vez em quando sua mente falava “você está cansada”, “pare, vá descansar”, “você não consegue terminar”… quando você aumenta a distância isso acontecerá muitas vezes.

Mas do mesmo jeito que a mente pode te sabotar, ela pode te ajudar também. A melhor forma de “blindar” sua mente é se manter motivado. Se você estiver motivada, quando vier aquele pensamento “eu não consigo”, você lembrará o motivo pelo qual está correndo e responderá “eu consigo”. Então defina o que te motiva e nunca se esqueça disso, seja realizar uma prova, seja se superar… motivado você alcançará seu objetivo! E muitas vezes é o seu objetivo que te motiva, então tenha sempre um! 😉

Ficou perdida com algum termo do post? Confira nosso dicionário da corredora.

1