No último fim de semana, a Marília Mitie participou de uma das principais provas da cidade de Campinas: a Meia Maratona Pague Menos. Hoje ela conta pra gente como foi a corrida — com direito a kit recheado e muito sobe e desce para espantar o frio! 🙂

***

Oi, meninas, tudo bom? Hoje eu vou contar sobre a 6ª Meia Maratona Pague Menos, que aconteceu na cidade de Campinas (SP) bem no Dia dos Namorados. Essa corrida é um verdadeiro evento, por ser a primeira Meia da cidade e também pelo percurso, que passa pelos principais pontos turísticos (Estádios de Futebol e o Parque Taquaral).

Retirei o kit na sexta-feira, no supermercado Pague Menos de Campinas, e foi um dos mais TOP que recebi. Veio até Nutella and Go (a gorda já se focou no doce :)). Falando sério, fui um dos kits mais gostosos que eu já vi.

Kit da corrida

Kit da corrida

No domingo (12/6) foi difícil acordar: a cama estava me chamando, isso sem falar do frio (o celular mostrava 4oC). Juntei toda a minha coragem e fui. E, como presente de dia dos namorados, o marido foi junto para dar incentivo.

Cheguei na Avenida Francisco Glicério (local da largada) às 6 horas. Sempre chego cedo para encontrar com amigos (em especial nessa corrida, fui junto com uma amiga), dar risadas e aquecer. O acesso à largada estava liberado desde das 5 horas, a corrida começou pontualmente às 7 horas.

Meu presente de dia dos namorados

Meu presente de dia dos namorados

O percurso da prova foi praticamente uma montanha russa, rsrs… Começamos a correr e, de cara, encontramos um quilômetro de subida. Depois, veio uma descida para compensar, de quase dois quilômetros. Logo no km 3 começava uma nova subida, que foi até o km 5, mas nada íngreme (para falar a verdade, não vi esses dois quilômetros passando de tão sossegado que foi).

Do km 5 ao 9, foi só descida. Nesse ponto, o sol já estava um pouco mais quente, mas não o suficiente para que me fizesse querer tirar a blusa.  Entre os km 9 e 11 teve mais uma subida (daquelas inclinadinhas, mas que dava para encarar) de quase um quilômetro. Então, veio uma descida leve, ótima para descansar a perna.

Do km 12 ao 16, o percurso foi bem plano. Apesar da altimetria apresentar subidas e descidas, a diferença na elevação foi pouquinho, de 10 a 20 metros. Quando chegamos no km 17, entendemos que todas as subidas anteriores foram apenas um treino para os 3 kms de subida que viriam a seguir!!! Depois de todo esse sobe e desce, o gran finale: o último quilômetro era uma descida só!

Altimetria da prova

Os pontos de hidratação estavam distribuídos a cada quatro quilômetros, mais ou menos. Ao todo, foram seis pontos de hidratação e um ponto de isotônico. Como a temperatura estava em torno de 10oC, não precisei tomar muita água, tanto que nem peguei no primeiro ponto.

Depois de tudo isso, foi só pegar a medalha e frutas (maçã, banana, melão). 🙂

Merecida medalha!

Merecida medalha!

Corrida da Leitora é um espaço para compartilhar histórias, conquistas, superações, dicas e muito mais! Quer participar? Preencha o formulário e entraremos em contato.

1