Olá mulherada!

Desde o mês passado a Fundación MAPFRE está fazendo diversas ações super legais com a campanha “Mulheres pelo Coração“, uma campanha que foca na saúde do nosso coração. <3

Semana passada demos dicas para você melhorar a alimentação e ainda contribuir com a saúde do seu coração, e hoje trago diversas receitas saudáveis práticas e saborosas para vocês. Tem saladinha pro almoço/jantar (e que também fica uma delícia como recheio de lanches frios), frango com pinhão (amo pinhão!) e broa de fubá. Bora pra cozinha?

Salada de alface crespa com salpicão de frango

Tempo: 60 minutos
Dificuldade: média

Ingredientes

  • 1 peito de frango com osso
  • 1 receita de caldo de legumes
  • 1 colher de sopa rasa de sal
  • ½ xícara de chá de ervilha fresca
  • ½ xícara de chá de milho fresco
  • ½ xícara de chá de uva-passa preta
  • 1 cenoura média ralada
  • 1 colher sopa de azeite
  • 1 lata de creme de leite light
  • 1 pote de iogurte natural desnatado
  • 1 colher de sopa de salsinha picada
  • 2 talos de salsão cortados em cubos
  • 1 pé de alface crespa fatiada

Modo de preparo
Cozinhe o peito de frango no caldo de legumes com 1 colher de sopa rasa de sal. Deixe esfriar, desfie e reserve. Cozinhe a ervilha, o milho e a uva-passa em água fervente por 3 minutos. Reserve. Misture todos os ingredientes da receita, exceto a alface, e mexa bem até formar uma pasta de frango cremosa. Para montar, coloque o salpicão no centro de uma travessa e disponha a alface fatiada ao redor.

Frango com pinhão

Tempo: 45 minutos
Dificuldade: Média

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de óleo de soja
  • 1 cebola média cortada em 4 partes
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 colher de café cheia de sal refinado
  • 5 sobrecoxas de frango sem pele
  • 1 folha de louro
  • 1 colher de chá de orégano
  • ½ colher de sopa de colorífico
  • 1 ½ litro de água
  • 2 escumadeiras médias de
  • pinhões cozidos e sem casca
  • ½ maço de escarola cortada em tiras finas

Modo de preparo
Bata no liquidificador o óleo, a cebola, o dente de alho e o sal. Coloque a mistura em uma panela e refogue por 5 minutos. Adicione as sobrecoxas de frango e doure-as de todos os lados. Acrescente o louro, o orégano e o colorífico, mexendo sempre. Junte a água e cozinhe em fogo baixo, com a panela tampada por 25 minutos. Acrescente mais água, se necessário. Quando o frango estiver cozido, adicione os pinhões e a escarola e deixe no fogo por mais 5 minutos. Sirva em seguida.

INSTAGRAM/PATRICIADAVIDSONHAIAT

Broa de fubá

Tempo: 60 minutos
Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • ½ xícara de chá de farinha de trigo
  • ½ xícara de chá de fubá
  • 2 colheres de chá de fermento biológico seco
  • 3 colheres de sopa rasas de açúcar
  • 1 colher de chá rasa de sal
  • 1 colher de chá de erva-doce
  • 4 colheres de chá rasas de margarina sem sal
  • ½ xícara de chá de água morna

Modo de preparo
Em um recipiente junte os ingredientes, menos a água. Misture bem até formar uma farofa. Aos poucos, acrescente a água e mexa até formar uma massa homogênea. Transfira para uma superfície enfarinhada e sove até que a massa comece a soltar das mãos. Molde bolinhas com a massa, de aproximadamente 3 cm cada uma, e arrume-as em uma assadeira untada com margarina. Polvilhe fubá em cima de cada broa e faça pequenos cortes superficiais na diagonal. Deixe crescer por aproximadamente uma hora ou até dobrar de volume. Leve ao forno preaquecido a 170ºC por 20 minutos ou até dourar.

No Guia “Pela saúde do coração” da Fundación MAPFRE você encontra mais receitas saborosas para fazer em casa. 😉

No último domingo, 3 de setembro, teve Corrida Venus aqui em São Paulo e essa edição foi especial. Afinal, a prova está completando 10 anos! UAU! :O Ao longo dessa década de história, mais de 150 mil atletas já participaram da Venus – que é uma das maiores provas femininas do mundo, sabiam?

Aproveitando que toda essa mulherada linda estaria reunida, a Fundación MAPFRE montou um stand na arena da Venus para promover a campanha Mulheres Pelo Coração e nós também participamos da prova divulgando essa ação superbacana e importante!

A Aline correu os 15k e eu fiz 5k

No sábado, as corredoras que foram retirar seu kit no Jockey recebram o guia Pela Saúde do Coração, preparado especialmente para a campanha, e ainda puderam testar seus batimentos cardíacos em uma divertida volta de montanha russa virtual.

Eu nunca tinha usado um óculos de realidade virtual antes e adorei que você pode girar a cabeça para todos os lados e ter uma visão 360 graus do ambiente. Deu até para tomar um sustinho – as meninas ainda registraram em vídeo esse meu momento “pagando mico”, só para variar, hahahaha… 😛

A prova teve largadas separadas para quem correu os 5k (como eu) e para quem fez 10k ou 15k (como a Aline). A largada dos 5k foi às 7h e das demais distâncias às 7h30. Foi bom porque dividiu bem os grupos e a prova foi bem mais tranquila e organizada do que eu esperava. A única questão é se não teria sido melhor fazer ao contrário: largar primeiro as distâncias maiores e deixar os 5k para as 7h30 da manhã.

Outra vantagem das largadas separadas, além de ter uma corrida menos lotada, é que consegui aproveitar bastante a arena no pós-prova. Foi a primeira vez na vida que consegui fazer massagem, quiropraxia… Também aproveitei o alongamento no stand da Fundación MAPFRE depois de correr. As filas costumam ser tão grandes que eu nunca me animei, mas dessa vez não só fiz como ainda consegui terminar a tempo de torcer pela Li no final da prova dela. 😀

Olha que linda a chegada dela nos 15k (a doida gritando no fundo sou eu, claro! rsrs)

A Li também comenta como foi correr os 15k na Venus deste ano:

Nessa edição da Vênus, corri 15k. Durante o percurso, a hidratação foi boa: tinha isotônico, gel de carboidrato e bala energética – porém, com 1h30 de prova, que foi mais ou menos quando passei pelo ponto das balas, já não tinha mais nada. Até o km 10, a corrida fluiu bem para mim; depois comecei a me sentir cansada e o psicológico afetou muito. O percurso não teve novidades em relação ao ano passado, e a única coisa que achei chata e cansativa foram as idas e vindas em frente ao Parque Villa Lobos. Mas, no geral, a corrida foi boa e é sempre bom encontrar a mulherada por lá!


Para encerrar, queria destacar um pequeno mimo da organização da prova que eu sempre aprovo: medalhas diferentes para quem correu cada uma das distâncias. É um jeito divertido de estimular a corrermos distâncias maiores e também de valorizar cada conquista, né? Vocês gostam?

De modo geral, concordo com a Li: foi uma experiência muito boa. Obrigada, Fundación MAPFRE, pelo convite!

12