Todos os anos, quando o aniverário do blog se aproxima, pensamos de que forma podemos comemorar a data com vocês. Em 2017, para celebrar os 4 anos do Corre Mulherada, lançamos nossa primeira corrida virtual – que também foi a primeira corrida virtual feminina do Brasil!

A Simone Belmonte‎, de Santo André (SP), foi uma das primeiras a postar a foto do kit! (Reprodução/Facebook)

Nossa ideia era poder celebrar com um número maior de leitoras, de várias partes do país, mas a gente nunca imaginou que seria tão legal! Quase 250 corredoras toparam o desafio de correr 4, 8 ou 12 km com a gente, além de fazer sua contribuição para o coletivo Maria[Lab] para incentivar que cada vez mais mulheres sigam carreiras nas áreas de ciência e tecnologia.

Com os kits em mãos, cada uma correu sua distância na sua cidade, no seu ritmo, algumas sozinhas, outras acompanhadas pelas amigas.

Correndo em boa companhia!

Grupo de corredoras lindas de Guaíra (PR)! Foto da Isa Nogueira Abreu no nosso grupo do Facebook.

Em Jataí (GO), as corredoras organizaram um evento completo. Teve até cobertura de fotos pelo Portal Panorama. Demais!

E se o nosso objetivo principal era festejar com leitoras de diferentes cidades, não só daqui de São Paulo (onde moramos), não poderíamos estar mais felizes: tivemos participações de Norte a Sul do país! Mulheres em 77 cidades de 21 estados do Brasil vestiram a camisa do desafio. Vejam nosso mapa que lindo que ficou:

Esse mapa foi preparado com base no endereço de entrega dos kits, mas temos relatos de leitoras que cumpriram seus desafios fora do Brasil também. Pois é, o #4anosCM viajou para o Canadá e para o Chile!

A Karina Prates correu seus 4k pelo bairro de Las Condes, em Santiago, no Chile (Reprodução/Instagram @kpaerofit)

Nas últimas semanas, a nossa timeline ficou ainda mais brilhante com as fotos dessa mulherada linda exibindo orgulhosa suas merecidas medalhas!

Nós amamos medalhas!!

As amigas Monalisa Guimarães e Rosemere Ladeira correram juntas o desafio em São José dos Campos (SP). Reparem nas unhas combinando com o kit! Adoramos!!! 😀 (Reprodução/Instagram @monaguimaraess)

Quando pensamos em fazer a corrida virtual, claro que a gente tinha uma expectativa… Mas ela foi superada – e muito!

As fotos com a hashtag dos #4anosCM encheram nosso coração de alegria, as mensagens nos deixaram com lágrimas nos olhos, todo o carinho que recebemos de vocês foi incrível! Nem temos palavras para agradecer!

Nos próximos dias, vamos postar mais fotos no nosso #topCM especial da corrida virtual. 

E que venha o próximo ano! 😀

Recebemos muitos e-mails perguntando se ainda temos o kit da corrida virtual para vender e infelizmente não temos mais… Ele foi feito apenas para essa prova, e tanto a camiseta como a medalha são exclusivas desse desafio. Mas logo teremos novidades! Se você gostaria de ser avisada da próxima corrida virtual, preencha o formulário e nos acompanhe por aqui e nas nossas redes sociais: Instagram, Facebook e Grupo do #treinoCM.

Olá meninas!

Chegamos ao final da nossa primeira corrida virtual e como parte da participação, todas as corredoras contribuíram com um coletivo que a gente adora, o MariaLab. Em todos os nossos aniversários, a gente sempre buscou contribuir com algum projeto, nos 3 primeiros aniversários juntamos muitas doações para o Projeto Vida Corrida e também para a biblioteca do Parque do Povo (parque que sempre acolheu nossos treinos comemorativos). Este ano decidimos mudar, eu, Aline e Ju trabalhamos na área de tecnologia, e a primeira coisa que se nota em qualquer lugar que há um departamento de tecnologia, ou um curso na área, é que o ambiente é dominado pelos homens. Para democratizar, o coletivo MariaLab foi criado e vem fazendo um trabalho muito legal, e por isso pensamos em contribuir. 🙂

O que é MariaLab?

MariaLab é um coletivo que surgiu de uma ideia: a grande maioria dos hackerspaces e makerspaces no Brasil e no mundo, embora sejam receptivos com as mulheres, não só têm uma maioria de frequentadores masculina como, por conta disso, acabam por deixar de lado algumas características e necessidades compartilhadas pela maioria das mulheres na área de STEM. Sentimos a necessidade de ter um espaço criado por mulheres, onde não somos minoria, e somos as protagonistas.

O Manifesto

Somos feministas interessadas em explorar as ciências exatas. Pautamos a interseccionalidade nas nossas ações, não toleramos machismo, homofobia, transfobia, misoginia, xenofobia e racismo.

Nosso objetivo é encorajar, empoderar e unir mulheres através do interesse pela cultura hacker.

Consideramos necessário criar espaços seguros para que possamos compartilhar, aprender, inventar e experimentar através da atuação e autonomia de mulheres na área.

Nos baseamos em políticas anti-opressão para tornar esses espaços, sejam eles físicos ou virtuais, em ambientes politizados e realmente inclusivos.

Aqui a voz e o protagonismo pertencem a diversidade.

Por que MariaLab?

Maria é um nome extremamente comum não só no Brasil quanto no mundo. Somos todas um pouco Maria.  Maria Meyer, Maria Mitchell, Maria Gaetana Agnesi, Marie Curie, todas Marias que são exemplos para cada mulher. E “Lab” vem de laboratório, de local para aprendizado e experiências e descobertas.


Para conhecer mais do projeto, acesse o site e também acompanhe nas redes sociais: twitter e facebook.
Elas estão sempre divulgando cursos e oficinas para a mulherada.


E fica aqui o nosso muito obrigada a todas as corredoras que participaram do #4AnosCM com a gente. <3 Todos os anos foram especiais, mas este aniversário foi in-crí-vel. Foi maravilhoso esses meses acompanhando os treinos, as corridas e tudo o mais, mas logo logo tem um post só sobre isso, tô adiantando porque não tô me aguentando de felicidade, rs. 😉