Considerada pelos corredores o melhor circuito de meias maratonas do Brasil, a ASICS Golden Run veio repleta de novidades este ano, com provas em cinco capitais brasileiras, além de etapas inéditas em Buenos Aires, Santiago e Lima. Salvador e São Paulo já foram e, neste domingo (30 de julho), acontece a etapa do Rio de Janeiro.

E a parada seguinte da “corrida pelo ouro” já tem data marcada: 27 de agosto, em Belo Horizonte!

Mulherada largando em Salvador, a primeira etapa do circuito deste ano (Divulgação)

Faltando menos de um mês para a prova em BH, a gente já imagina a ansiedade de quem vai participar. Afinal, seja a sua estreia em uma meia maratona ou uma tentativa de quebrar seu recorde pessoal nessa distância, os 21 km sempre dão aquele friozinho na barriga, né? E essa prova é especial, com um percurso em torno do Lago da Pampulha para você apreciar um dos cartões postais da capital mineira do jeito que a gente mais gosta: correndo! 

Os corredores mineiros, em especial, poderão comemorar o retorno de BH ao circuito da Golden. Além das atrações da prova e toda a infraestrutura para que você faça os seus melhores 21k, a expo também promete boas surpresas. 😀 Imperdível, né?

Agora, se você ainda não se inscreveu, temos uma boa notícia! Estamos lançando um concurso cultural que vai premiar uma de nossas leitoras (ou leitor!) com uma inscrição* para essa prova incrível!

Bora buscar mais uma medalha pra sua coleção? (Divulgação)

Para participar, é bem simples. Basta preencher o formulário abaixo, respondendo à pergunta: Pra você, o que vale mais do que ouro na corrida? Fácil, fácil! 😉 Mas corre que você tem até o dia 8 de agosto para se inscrever.

[CONCURSO ENCERRADO]

Agradecemos a todos que enviaram suas repostas para este concurso cultural. 🙂 A ganhadora foi a Patrícia Álvares, de Ouro Preto (MG). Veja a resposta dela abaixo:

O que vale mais do que ouro na corrida para mim é a sensação indescritível de conquista que independe de quilometragem, roupa, pace etc. Simplesmente porque o corredor, mesmo com os mais diversos fatores que nos influenciam a sequer sair de casa, vai lá e faz!

Parabéns, Patrícia! Vamos torcer para que você brilhe mais que ouro na Asics Golden Run! 😀

*Despesas com transporte, hospedagem e alimentação são de responsabilidade do ganhador. Mais informações no regulamento do concurso, disponível no final deste post.

Regulamento

Continue lendo »

timhale_a6a6208

Se você está procurando uma prova diferente, para testar sua força e desafiar os seus limites, prepara que está chegando no Brasil a Spartan Race, uma corrida de obstáculos que é febre no mundo todo! São Paulo e Rio de Janeiro foram os estados escolhidos para as primeiras etapas que acontecem no dia 18 de setembro, em Pirapora do Bom Jesus (SP), e 23 de outubro, na cidade de Itaipava (RJ).

Diferente de outras provas de obstáculos que vemos por aí, aqui tem corrida de verdade! Além das barreiras e desafios inspirados no pentatlo e no cross country, você vai ter que encarar alguns quilômetros em terrenos irregulares. 😉 Dá para sentir um gostinho de diferentes tipos de corrida de aventura. Tudo isso somado a uma estrutura completa com música, comida e serviços para que corredores possam curtir a arena antes, durante e depois da prova junto com a família e os amigos.

Um dos destaques da Spartan Race é que ela nunca repete o percurso e/ou os obstáculos, mantendo algumas coisas em segredo para que os competidores se surpreendam no dia da prova. Outro diferencial é que a prova traz diferentes categorias e graus de dificuldade, permitindo que corredores de todos os níveis participem, divertindo-se e desafiando-se ao mesmo tempo. Tem até uma modalidade Kids! 🙂

Ai, que fofura!!!

Ai, que fofura!!!

Na versão KIDS, voltada para crianças entre 4 e 13 anos, a prova traz distâncias entre 800m e 1,6km (de acordo com as faixas etárias) e muita diversão para incentivar a prática de esporte desde cedo. Os adultos, por sua vez, começam na Spartan pela modalidade SPRINT, com percurso de aproximadamente 5 km e 20 obstáculos. Em seguida, vem a SUPER, com 13 km e 24 obstáculos. Comprovando suas habilidades, os corredores poderão se inscrever na divisão BEAST, com 19 km e 30 obstáculos. Ao concluir as três etapas, você completa sua TRIFECTA, formada pela junção das medalhas de cada modalidade.

Há três formas de participar: na categoria OPEN, você pode correr em grupos de até quatro pessoa e contar com a ajuda de outros participantes, em clima de confraternização. Já se optar pela categoria COMPETITIVO, você terá que concluir a prova sozinha e seguindo regras específicas para cumprir cada obstáculo, do contrário poderá ser desclassificada.

Voltada para os profissionais e com prêmios em dinheiro, a categoria ELITE vale também um lugar no topo da classificação global da Spartan Race. Os três primeiros atletas no masculino e feminino garantem uma vaga para disputa do Campeonato Mundial Spartan, na Califórnia (EUA).

Ficou com vontade de participar? Pois a gente te dá uma forcinha! Em parceria com a X3M, organizadora da prova no Brasil, estamos lançando um concurso cultural que vai dar duas cortesias para a etapa Rio de Janeiro!

16_spartan_race_post_corremulherada

Para participar, é muito fácil! Basta preencher o formulário abaixo com seus dados e responder à pergunta: Como o esporte te ajudou a superar obstáculos na vida?

A resposta mais criativa ganhará duas cortesias* para a Reebok Spartan Race Rio de Janeiro, que acontecerá na cidade de Itaipava (RJ) no dia 23 de outubro. Legal, né? 😉 Mas corre que você tem até o dia 15 de outubro para se inscrever. O resultado sai aqui nesse post no dia 16 de outubro. Mais informações no site www.spartanracebrasil.com.br.

[INSCRIÇÕES ENCERRADAS]

E a ganhadora do concurso foi a Maria Eduarda Menegassi, do Rio de Janeiro (RJ). Veja a resposta dela abaixo:

Meu pai sempre me incentivou a fazer esportes desde criança, ele próprio era um atleta, da natação e do pólo aquático. O esporte me criou, me deu disciplina e foco. Há dois anos, meu super-herói começou sua luta contra o câncer. Durante esse processo, com ele internado no hospital, tive uma competição de três dias, em Volta Redonda. Me despedi prometendo a ele a medalha de ouro do futsal feminino (a minha modalidade). Na véspera da final do campeonato, minha mãe me ligou para avisar que meu pai havia nos deixado. Pensei em voltar para casa, mas não podia; estava, afinal, competindo por ele, pela medalha de ouro que lhe havia prometido. E consegui. No jogo não houve luto, houve luta, dedicação, tudo aquilo que o esporte e ele haviam me ensinado. E até hoje é no esporte que me sinto mais conectada a ele. Toda vez que entro em quadra, desde aquela final há dois anos, sinto a força dele em mim, porque sei que ele está comigo, correndo, chutando, pulando, vencendo comigo. E isso me ajuda a superar o vazio da ausência do abraço de urso dele.

Parabéns!!!

*Despesas com transporte, hospedagem e alimentação são de responsabilidade do ganhador. Mais informações no regulamento do concurso, disponível no final deste post.

E aí, vai encarar mais esse desafio? 😉

Regulamento

Continue lendo »