A chegada da maratona será dentro do Sambódromo (Foto: Rio 2016/Alex Ferro)

A chegada da maratona será dentro do Sambódromo (Foto: Rio 2016/Alex Ferro)

As Olimpíadas estão chegando (vão ser de 5 a 21 de agosto) e, este ano, os Jogos terão um gostinho especial para nós, brasileiros, porque serão disputados em nosso país. 😀 Eu, que sempre curti acompanhar os diferentes esportes, já estou ansiosa!

Logo mais, os melhores corredores do mundo estarão no Rio para disputar as provas de Atletismo. Aliás,  não tem como pensar em Olimpíadas sem pensar em Atletismo – e corrida! O esporte está presente desde a primeira edição dos Jogos da Antiguidade, em 776 a.C, quando foi disputada uma modalidade chamada Stadium, uma corrida de 192 metros. Séculos mais tarde, o Atletismo também teve lugar de destaque nos primeiros Jogos da Era Moderna, em Atenas, em 1896 – mas as competições eram todas restritas para os homens. As mulheres só começaram a disputar provas de Atletismo em 1928, nos jogos de Amsterdã.

Largada da prova de 100 m rasos na Olimpíada de Atenas-1896, a primeira da era moderna (Foto: Catraca Livre)

Largada da prova de 100 metros rasos na Olimpíada de Atenas, em 1896, a primeira da era moderna (Foto: Catraca Livre)

Aos poucos, o Atletismo foi incorporando outras provas,  entre corridas, saltos e lançamentos, e hoje o esporte conta com mais de 20 modalidades olímpicas. Neste post, vamos explicar um pouco mais sobre cada uma dessas provas e as diferenças entre as disputas femininas e masculinas.

Provas de pista

São as provas realizadas na pista de Atletismo e incluem diferentes tipos de corrida: rasas (de 100, 200, 400, 800, 1.500, 5.000 e 10.000 metros), revezamentos (4x100m e 4x400m), com barreiras (110m/100m e 400m) e com obstáculos (3.000m). No Rio, serão disputadas dentro do Estádio Olímpico.

100 metros: Presente desde os primeiros Jogos da Era Moderna (Atenas 1896), é uma das provas mais emblemáticas das Olimpíadas. O trajeto é todo em linha reta e o atual recordista mundial é o jamaicano Usain Bolt, com o tempo de 9,58 segundos! Entre as mulheres, a recordista é a norte-americana Florence Griffith Joyner, com 10,49 segundos.

200 metros: Aqui, os atletas também precisam de muita explosão e ainda têm de enfrentar uma curva antes da arrancada final. Os recordistas mundiais dessa prova também são o Bolt, com 19,19 segundos, e a Florence, com 21,34 segundos.

400 metros: É a volta completa na pista de Atletismo. O recorde mundial feminino é 47,60 segundos, da alemã Marita Koch. Já o masculino é 43,18 segundos, do norte-americano Michael Johnson.

800 e 1.500 metros: As duas provas são consideradas de meia distância. Para completá-las, os atletas precisam conciliar alta velocidade com resistência. Os recordes mundiais masculinos são do queniano David Rudisha nos 800 m (1:40,91 min) e do queniano  Hicham El Guerrouj nos 1.500 metros (3:26,00 min). Entre as mulheres, as melhores marcas são de Jarmila Kratochvilova, da Tchecoslováquia, nos 800 metros (1:53,28 min) e da etíope Genzebe Dibaba nos 1.500 (3:50,07 min).

5 e 10 mil metros: Também conhecidas como corridas de fundo, os 5k e os 10k são as provas mais longas disputadas dentro de estádios nas Olimpíadas. A prioridade é a resistência e não a explosão muscular, por isso os fundistas têm um físico mais franzino. Como são distâncias bem comuns para nós, corredores amadores, se prepara para ver os recordes mundiais dos profissionais! Hahahaha… 😉 Nos 5 mil metros, o recorde feminino é 14:11,15 minutos, da etíope Tirunesh Dibaba. Já nos 10 mil metros, é  29:31,78 minutos, da chinesa Wang Junxia. Os recordes masculinos são ambos do etíope Kenesina Bekele: 12:37,35 minutos nos 5 mil metros e 26:17,53 minutos nos 10 mil metros. #nuncaserei 😛

100 e 110 metros com barreiras: Essa é uma prova bem legal de acompanhar, me dá uma aflição ver os atletas correndo a milhão e ainda tendo de saltar as dez (d-e-z!) barreiras ao longo do percurso. Afe! Que nervoso!! rsrs… Aqui tem diferença entre as provas femininas e masculinas. Elas correm 100 metros e as barreiras têm 84 cm de altura. Eles, por sua vez, correm 110 metros e enfrentam barreiras com 1,067 metros de altura.

400 metros com barreiras: Apesar do percurso maior, essa é uma prova com bastante velocidade. Também são 10 barreiras, mas a altura é diferente da prova anterior: para os homens, 91,4 centímetros de altura; para as mulheres, 76,2 centímetros de altura.

3 mil metros com obstáculos: É tipo a Bravus Race das Olimpíadas! 😛 Além das barreiras de quase 1 metro de altura, os atletas ainda têm de saltar um fosso (um espécie de lago) com 3,66 metros de comprimento. Era uma prova exclusivamente masculina até pouco tempo: as mulheres só começaram a disputá-la a partir do Pan-Americano do Rio, em 2007.

A primeira Olimpíada em que as mulheres disputaram os 3 mil metros com obstáculos foi a de Pequim, em 2008.

A primeira Olimpíada em que as mulheres disputaram os 3 mil metros com obstáculos foi a de Pequim, em 2008.

Revezamento 4×100 e 4×400 metros: As provas olímpicas de revezamento são disputadas por equipes de quatro atletas que correm 100 ou 400 metros cada. A troca de corredores é feita pela passagem de um bastão, o que deve acontecer em uma área com cerca de 20 metros de comprimento, do contrário a equipe é desclassificada. O atleta que recebe o bastão já deve estar correndo em alta velocidade antes de apanhá-lo de costas.

Provas de rua

As provas de rua são a maratona (42,195 km) e a marcha atlética (20 e 50 km) e, no Rio, serão disputadas em locais separados das demais modalidades de Atletismo.

Maratona: É a prova mais longa das Olimpíadas. No Rio, tanto a prova feminina como a masculina acontecerão no Sambódromo – parte do percurso será testado na meia maratona do Nike Women Victory Tour! Os recordes mundiais são 2:02:57 h, do queniano Dennis Kimetto, e 2:15:25 h, da britânica Paula Radcliffe.

Marcha Atlética: Para evitar que os atletas corram na marcha atlética, eles precisam manter o calcanhar do pé da frente em contato com o solo até que a ponta do pé posterior deixe o chão. São duas distâncias para as competições oficiais, 20 e 50 quilômetros, sendo que as mulheres só competem nos 20 km. No Rio, as disputas serão realizadas no Pontal. Não sei vocês, mas toda vez que eu vejo essa prova, lembro daquela comédia Noivas em Guerra. A personagem da Kate Hudson aparece várias vezes treinando marcha atlética no Central Park enquanto a Anne Hathaway corre! Hahahaha…

Provas de campo

São quatro tipos de saltos (em distância, triplo, em altura e com vara) e de arremesso (peso, martelo, dardo e disco).

Salto em distância: O atleta corre em linha reta e salta em uma caixa de areia, antes da borda frontal da marca de pulo, devendo alcançar a maior distância possível. Para isso, ele tem três tentativas. O salto é medido da marca de pulo até a marca mais próxima feita por qualquer parte do corpo do atleta na areia.

Salto triplo: O atleta corre em linha reta e, a partir de uma marca na pista, salta duas vezes com um pé só até se lançar com os dois pés em uma caixa de areia, devendo alcançar a maior distância possível. Essa é uma prova em que temos boas marcas: os brasileiros já conquistaram seis medalhas olímpicas na modalidade, sendo duas de ouro com Adhemar Ferreira da Silva (nos Jogos de Helsinque, em 1952, e de Melbourne, em 1956).

Salto em altura: O atleta corre em alta velocidade e salta de costas sobre uma barra horizontal suspensa por dois suportes verticais separados por 4 metros de distância, girando o corpo. São três tentativas: cada vez que ele consegue, a barra é elevada alguns centímetros para a próxima série.

Salto com vara: O atleta corre 45 metros e, usando uma barra flexível (cujo tamanho varia de acordo com a sua altura), salta sobre uma barra horizontal. São três tentativas e, cada vez que ele consegue, a altura da barra sobe um pouco mais para a próxima série.

Fabiana Murer é a estrela brasileira do salto com vara.

Fabiana Murer é a estrela brasileira do salto com vara.

Arremesso de dardo: Após uma corrida em linha reta, o atleta deve lançar um bastão, que deve cair dentro do campo de arremesso (um espaço delimitado por duas linhas de 90 metros a partir do ponto de lançamento). Para os homens, o bastão mede 2,60 metros e pesa 800 gramas; para as mulheres, ele tem 2,20 metros e pesa 600 gramas.

Arremesso de disco: O atleta deve segurar um disco plano de metal contra os dedos da mão e o antebraço. Girando sobre seu corpo em uma área circular com 2,5 metros de diâmetro, deve lançar o disco para frente na maior distância possível. Para os homens,  o disco pesa 2 quilos e mede entre 219 e 221 milímetros de diâmetro; para as mulheres, 1 quilo e possui diâmetro de 180 e 182 milímetros.

Arremesso de peso: O atleta deve arremessar uma bola sólida de metal o mais longe possível usando apenas uma mão. A área de lançamento é delimitada por um círculo de 2,1 metros de diâmetro. Para homens, a bola pesa 7,26 quilos; para as mulheres, 4 quilos.

Arremesso de martelo: O martelo é formado por uma bola de ferro presa a um cabo de aço com uma manopla (alça) na extremidade. Para os homens, a bola pesa 7,26 quilos; para as mulheres, 4 quilos. O atleta pode dar três giros com o martelo sobre a cabeça para ganhar impulso e depois mais três giros em torno do eixo do seu próprio corpo antes de efetuar o lançamento. O martelo deve cair o mais longe possível dentro de um espaço delimitado por um ângulo de 90 graus a partir do ponto de lançamento.

Provas combinadas

Acontecem em dois dias consecutivos e reúnem diferentes modalidades do Atletismo. Os homens fazem 10 provas (decatlo) e as mulheres, sete (heptatlo).  Os atletas somam pontos em cada uma das disputas e o resultado final define o pódio.

Decatlo:  Foi realizado pela primeira vez nas Olimpíadas de Estocolmo (Suécia), em 1912, e traz as seguintes provas: 100 metros rasos, salto em distância, arremesso de peso, salto em altura, 400 metros rasos, 100 metros com barreiras, arremesso de disco, salto com vara, arremesso de dardo e 1.500 metros rasos.

Heptatlo: O heptatlo estreou nas Olimpíadas em 1984, em Los Angeles. Exclusiva para as mulheres, tem sete provas: 100 metros com barreiras, salto em altura, arremesso de peso, 200 metros, salto em distância, lançamento de dardo e 800 metros rasos.

E você, pretende acompanhar alguma prova de Atletismo nas Olimpíadas? E de outros esportes? Conta pra gente nos comentários!

Com informações de Comitê Rio 2016 e CBAt. Recordes do Wikipédia.

Deixe o seu comentário!