Se você acha que já está muito velhinho ou velhinha para começar a praticar um novo esporte, assista ao vídeo abaixo. Com certeza, você vai mudar de ideia! 😉

Nunca é tarde demais para começar a correr (ou fazer o que quer que seja!).

Toda semana que participarmos de corridas nós falaremos sobre elas, dando nossa avaliação, impressão e como foi a prova. Neste post serão 3 provas: a Bote Fé na Vida, que aconteceu junto com Circuito Popular de Corrida de Rua de São Paulo, a Fila Night Race e o Circuito Contra o Preconceito, que depois de ter sido adiado em novembro do ano passado finalmente aconteceu!

 2_bote_fe_na_vida

2ª Corrida Bote Fé na Vida

Por Ju Ferrer

A corrida aconteceu no dia 07 de abril de 2013 e as inscrições foram gratuitas.

Achei bem desorganizado. O kit foi entregue antes da prova. Cheguei lá por volta das 7:15 e as filas eram enormes, procurei e achei a fila que correspondia ao meu nome. Às 8:00 horas, horário  da largada, eu ainda estava na fila, e olha que a minha estava bem grande, enquanto as outras estavam praticamente vazias. Os meus amigos deixaram para entrar na fila bem depois de mim e conseguiram pegar o número e o chip antes de mim. Por volta das 8:08 finalmente consegui pegar meu número e o chip, coloquei correndo e fui para a largada, que aconteceu às 8:10.

O percurso foi no centro de São Paulo e achei os 5K bem suaves, pelo fato de ser predominantemente plano, a única subida foi a da chegada com aproximadamente 200 metros de distância. A saída ocorreu na Praça da Sé, passando pela região da prefeitura de São Paulo, viaduto do chá e proximidades da BOVESPA.

Mesmo com pouco treino e sem ter corrido a semana toda, achei que meu rendimento foi satisfatório, completei a prova em 41 minutos. O problema que encontrei durante o percurso foi que uma parte dele continha ruas de pedras sabão, que estavam um pouco molhadas provavelmente por causa da água dos corredores e ali meu tênis escorregou um pouco, o que me fez reduzir um pouco mais a velocidade e redobrar a atenção porque estava com medo de cair.

Voltando à desorganização, a água foi distribuída apenas na distância de 2,5K e estava quente. Ao término da prova uma nova fila, dessa vez para realmente pegar o kit da prova.

Tirando a desorganização do início, achei a prova bem legal.

fila_night_race_2013

Fila Night Race

Por Aline Machado

A Fila Night Race aconteceu no último  dia 13/04 e foi minha primeira experiência de corrida de noite, nem nos meus treinos eu costumo correr neste horário, por uma série de motivos: cansaço, insegurança e por aí vai… mas não é que gostei do negócio?

O dia estava um pouco frio e com uma garoa bem fina, mas nada que tirasse a animação minha e da Mari! A corrida foi na Cidade Universitária e que delícia de lugar para correr!

O percurso foi bem agradável e achei fácil, quando acabou queria mais!! Terminei a prova de 5km em 32:22, o que me deixou super satisfeita e feliz por perceber que os treinos estão fazendo efeito e me fazendo avançar! Consegui controlar a respiração, as passadas e não senti que estava fazendo um esforço absurdo para correr.

No geral gostei bastante da corrida e da organização, a única coisa que não gostei e não gosto, é ter que retirar o chip no dia, é muito mais prático chip descartável ou retirar antes! Evita as filas enormes e a desorganização.

circuito_contra_o_preconceito

Circuito Contra o Preconceito

Por Anni Varanda

Como o nome já diz, a Corrida Contra o Preconceito, que aconteceu no Centro de São Paulo no último domingo, dia 14/04, tinha um objetivo super bacana, o de unir pessoas de todas as tribos, raças, opções sexuais e credos por uma única causa: o combate ao preconceito. A segunda parte mais legal foi que a corrida era de graça.

As inscrições foram abertas em outubro de 2012 e o evento, que aconteceria no começo de novembro, foi cancelado sem nenhuma justificativa clara para os inscritos e sem nenhuma data prevista. Aguardamos cerca de cinco meses para o reagendamento oficial da corrida. O chato é que todos os inscritos em outubro de 2012 tiveram que se reinscrever para poder participar da prova em abril de 2013 e muitos inscritos anteriormente perderam o prazo de inscrição, que durou cerca de um dia. Isso sem contar os bugs do site e a dificuldade de concluir a inscrição. Mas, enfim, com o e-mail de confirmação de inscrição na mão e datas de retirada dos kits oficializadas, voltei a me empolgar com a corrida.

Um dia antes da data marcada para a retirada dos kits, a organização do evento fez um novo cancelamento, transferindo a retirada dos kits para o dia da prova. Juro que pensei que seria a maior confusão, mas não, me surpreendi, ocorreu de forma totalmente organizada e rápida. Até pudemos escolher a cor das nossas camisetas (amei essa parte, rs).

A largada teve um pequeno atraso, mas também ocorreu de forma organizada e divertida, com animadores agitando a galera que ia largar. O amanhecer no Centro de São Paulo tem um visual muito bacana, é um ótimo lugar para correr de manhãzinha. Sempre gosto de participar das corridas que acontecem por lá. A prova tinha pessoas de todos os jeitos e idades, pais correndo com seus filhos, pessoas com mobilidade reduzida vencendo suas limitações, é tanta garra que a gente vê em um evento como esse, que o estresse passado inicialmente não chega nem perto da felicidade de correr com pessoas de energias tão boas. Obrigada CCP 😉

É isso aí… neste final de semana tem mais corridas! Na próxima semana teremos resenha da Série Delta e SP Run em São Paulo e Track & Field Run Series lá em Goiás. 🙂