Tudo começouuu há um tempo atrás na ilha do sol na selva de pedras. Geralmente a pessoa começa a treinar, pega paixão pelo asfalto e então se inscreve em uma corrida de rua né? Como eu não sou uma pessoa muito certa, comigo foi o contrário. Sempre fui gordinha, comecei a fazer reeducação alimentar em 2011, e um ano depois, mesmo já tendo emagrecido 15kgs senti necessidade de algo pra dar um gás, uma mudada na rotina e foi então que em uma conversa com algumas amigas fiquei sabendo da corrida que o Mc Donalds estava promovendo, a M5K, voltada somente para mulheres e o mais importante naquela época: Era grátis 😛

wrun_BruLembro que tinha um horário certo que as inscrições abriam todo dia, consegui a minha e daí então que fui resolver treinar, treinei alguns dias na semana anterior a prova, e no dia da prova fiz um tempo bem abaixo do que estava acostumada a fazer no treino. O tempo, aquele climão de prova, aquela multidão animada e a endorfina fizeram com que eu me apaixonasse pela coisa.

O melhor de tudo é que as meninas que foram comigo na M5K também foram picadas pelo bichinho da endorfina e então fizemos #aloka na busca por corridas de rua.

Comprei um tenis novo e comecei a treinar nas ruas perto de onde morava em São Paulo e na academia, percebi que estava emagrecendo mais o que me animava mais ainda. Lá se foram no total 20kgs desde que tinha decidido mudar de vida.

Mesmo não estando preparada e sempre treinando meus 5K, participei de uma prova de 10K da Track & Field (inscrição que  ganhei em um sorteio no blog Pensando Magro), apesar de não ter ido muito bem no tempo (fiz em 1:15h), foi uma experiência única, primeira prova correndo sozinha, foi meio que um tempo de meditação, sem explicação.

Montamos um grupo fechado no facebook (porque o whatsapp já não era suficiente) para trocarmos informações sobre as próximas corridas, matérias legais que liamos e queríamos que todas também ficassem sabendo, um compartilhamento gostoso de informação que nos agradava muito e foi então que decidimos montar o blog, pra compartilhar todas essas coisas com vocês. <3

Bom, voltando ao assunto…Depois de muito treino, em cada corrida fazia um tempo melhor, até participei de uma corrida de rua na minha cidade (Alô Floripa!) e foiTEF_BJS nela que fiz meu melhor tempo, o que foi me animando mais e mais e foi aí que  em Fevereiro fui pedida em casamento (óiinnn <3) e vim morar em Goiás com o noivo. Esse tempo de mudança e adaptação atrapalhou muito nos meus treinos, fiquei parada por meses, parei a academia e até ganhei uns quilinhos (Fuééé). Já participei de duas corridas por aqui, uma mais simples na minha cidade mesmo, e outra da Track & Field em Goiânia, terminei a corrida meio decepcionada, porque percebi que tudo que tinha batalhado pra conquistar nos treinos em São Paulo, tinha ido por água abaixo.

Estou voltando agora aos treinos, o noivo super companheiro também tem se animado a ir junto, o que me deixa mais motivada. O tempo ainda tá feio, mas serviu de lição que condicionamento físico se perde fácil, por isso os treinos são pra vida toda. Cada vez melhorar mais, fortalecer, melhorar respiração e  postura.

Mesmo sabendo que não estou muito bem nos treinos (merecia um puxão de orelha), me inscrevi na Corrida das Cores que vai acontecer em Goiânia daqui uns meses e talvez esse também seja um dos motivos pra eu pegar mais firme nos treinos.

Espero voltar logo aos meus 30 minutos nos 5K e eliminar os quilos extras também, afinal esse foi o real motivo de eu ter entrado nessa vida louca de corrida, que me faz melhorar muito o humor, a saúde e a mente. 😉

 

pics

 

Não sei vocês, mas eu sou do tipo bem econômica e muquirana para gastar com roupas de treino. Sou do time que gosta de encontrar coisa barata e não liga para marca. E olha, dá pra encontrar MUITA coisa legal, bonita e de qualidade nas nossas queridas Fast Fashions. A Jú Sena já mostrou o que de legal você pode encontrar na Me Move e aos poucos vou mostrando opções nas outras lojas camaradas. Nada como correr mais bonita pagando menos, né? 🙂

A Renner vende produtos Nike e Adidas, mas aqui vou mostrar somente as de marcas próprias, ok? Nike e Adidas merecem posts separadamente.

Gostei bastante dos tops vendidos na loja, parecem mais reforçados. Top tem que ser assim, né? Não dá para pensar só na beleza deles. Nas camisetas, achei legal elas serem mais compridinhas. Sou do time que não curte mostrar a bunda por aí. Hahaha.

renner-maio13-01

01 – Top: R$35,90 | 02 – Top: R$29,90 | 03 – Top: R$35,90 | 04 – Top: R$29,90 | 05 – Regata: R$35,90 | 06 – Regata Animal Print: R$39,90 | 07 – Camiseta: R$29,90 | 07 – Camiseta: R$49,90

Gostei muito desse primeiro moletom, com mangas curtas. A jaqueta vermelha também é boa porque é lisa e numa cor bem boa de combinar. Lembra da moda do short saia que a Bruna falou? Pois é, já chegou nas Fast Fashion! Acho legal, porque o preço tá bom e dá pra comprar sem muita dó de não usar caso você não se adapte à ela. A Renner também tem outra coisa que já foi moda (não sei se ainda é. Será?) e deu o que falar: o tapa bumbum (aka “burka de bunda”). Bom para quem malha na academia, não sei se ele é prático para corridas… você já usou?

renner-maio13-02

 

01 – Blusão de moletom: R$69,90 | 02 – Jaqueta: R$69,90 | 03 – Tapa bumbum: R$29,90 | 04 – Short Saia: R$49,90 | 05 – Short: R$19,90 | 06 – Bermuda: R$39,90 | 07 – Calça de viscolycra: R$49,90 | 08 – Legging: R$59,90

Não tenho nenhuma roupa da Renner, mas fiquei bem tentada à ir experimentar o short saia deles. E você, gostou de alguma peça?