Cada corredora tem seu jeito de correr, e depois de ler muitos artigos sobre o assunto, o que descobri é que não há jeito certo ou errado, cada pessoa tem uma forma de correr, afinal ninguém é igual. Mas há alguns estudos que apontam que uma boa postura ajuda a evitar lesões e quem ai quer se lesionar? Ninguém, né? Então, bora aprender a correr com a postura certa.

Postura ideal na corrida

A melhor postura no movimento do trote ou da corrida:

  1. As costas permanecem eretas, alinhadas com o pescoço. E se o objetivo for ganhar velocidade você pode inclinar levemente o tronco para frente.
  2. O cotovelo deve formar um ângulo de 90º entre braço e antebraço, e o punho e os ombros devem estar relaxados. O movimento dos braços ajuda no equilíbrio e na coordenação das passadas de forma cadenciada. Pés e braços combinam-se de forma alternada: pé direito acompanha braço esquerdo e vice-versa. Mas tome cuidado para não cruzar os braços na frente do corpo.
  3. Cabeça erguida. O olhar deve se fixar à frente, mantendo o pescoço relaxado. Olhar pra baixo ou pros lados prejudica a coluna.
  4. O abdômen deve estar levemente contraído, para ajudar a endireitar a lombar. Mas não contraia demais, se não o movimento ficará prejudicado.
  5. Os joelhos devem ser dobrados cada vez que a perna é lançada para trás, assim você compensa a sobrecarga que a articulação sofre a cada contato com o chão.
  6. Os pés devem estar alinhados para frente em direção ao destino. Nunca pise com o pé inteiro, pois isto causa sobrecarga para os joelhos, tornozelos e a coluna. Quanto à pisada, o assunto é controverso e vem sendo discutido agora por conta dos tênis minimalistas, alguns dizem que a pisada deve iniciar pelo peito do pé e outros dizem que a pisada deve iniciar no calcanhar. Com essa dúvida, acredito que a melhor forma é você testar os dois tipos e ver qual é mais confortável para você.

Tente correr na postura certa, mas não torne isto um problema para a sua corrida, vá corrigindo aos poucos, sem atrapalhar seu rendimento no treino. É importante respeitar o padrão de movimento individual. 😀

A cadência também é importante, conte as pisadas que você dá ao longo de um minuto, normalmente são 180 passos em qualquer ritmo. Para ficar mais fácil contar, conte os passos de apenas uma das pernas, depois é só multiplicar por dois.

Espero que te ajude nos seus treinos e a evitar as terríveis lesões. 😉

Hoje estou aqui no blog para falar de um assunto que gosto muito: roupas! Sim, mas roupas para treinar. 🙂

Semana passada fui dar uma olhada na coleção da fast fashion Me Move e para quem não conhece essa marca, ela  faz parte da rede da Valdac Global  Brands, grupo que atende as marcas Siberian e Crawford também.

Frente loja Me Move

As lojas são amplas, bem organizadas, possuem roupas para trabalhar, casuais, para ir na balada, lingeries e para treinar (eba!). A rede possui algumas lojas espalhadas pelo Brasil e em São Paulo mesmo não existem muitas unidades, hoje são 5 ao todo. Quero uma na zona oeste!!!

Memove_manequins

Memove_loja

E não é porque estamos treinando e vamos suar (derreter! rs) que temos que ir com qualquer roupa, alem do conforto e escolha dos melhores tecidos (tem post aqui  falando disso!), temos que nos sentir bonitas nesse momento também, não é? Melhor ainda se encontrarmos tudo isso com um preços camaradas.

Vejam só meus achados por lá:

O primeiro conjunto foi meu preferido, adorei que a parte de baixo é uma sainha e por baixo tem um shortinho…

Me Move_conjuntolaranja_1

 Top | 39,00 | Saia – Short | 59,00

O próximo conjunto foi um achadão! O preço estava ótimo e as peças tinham uma malha super macia.

Regata | R$ 19,90 | Legging | R$ 39,00

As próximas escolhas foram duas peças para proteger do frio, da garoa ou para colocar quando acabamos de treinar.

Me move_malha e casaco

Moletom | R$ 89,00 | Jaqueta | R$ 79,00

E aí, curtiram? Quais os lugares que costumam comprar as roupas para treinar? Conta pra gente! 😉