0
  • No products in the cart.
Inspiração

Ela comemorou cedo demais… e perdeu o bronze!

Shalane Flanagan, Emily Infeld e Molly Huddle no Mundial de Atletismo na China, em 24.08.2015 (AP Photo/Darron Cummings)
Nossa, quando soube dessa história, confesso que fiquei tão chocada que precisei conferir para ter certeza que era verdade!

Aconteceu este ano no Mundial de Atletismo de Pequim, na China, no dia 24 de agosto. A corredora norte-americana Molly Huddle estava perto de conquistar o terceiro lugar na prova dos 10.000 metros e, por uma distração, acabou perdendo a medalha de bronze para sua colega de equipe, Emily Infeld!

O que a distraiu? Ela começou a comemorar um pouco antes de cruzar a linha de chegada, relaxando o corpo e desacelerando um tiquinho – o suficiente para Infeld ultrapassá-la e tomar seu lugar no pódio!

Aperta o play (e segura na minha mão! rs) para ver o momento.

mundial-atletismo-china-chegada-10k

Para as curiosas: a medalha de ouro ficou com a queniana Vivian Cheruiyot e a prata com a etíope Gelete Burka.

Molly não conseguiu esconder sua decepção e foi consolada pela própria Emily. Ai, ai… Nem consigo imaginar como eu lidaria com uma situação dessas!

ap-mundial-atletismo-china-huddle

Moral da história: seja na corrida, ou na vida, comemore só depois de cruzar a linha de chegada, nem um segundinho antes!

Ou, se preferir, fique com a lição que podemos tirar do ponto de vista da Emily: não desista. Pode ser que você consiga alcançar seu objetivo quando menos espera! 😉

Ju Vargas
o autorJu Vargas
A Ju é fã das curtas distâncias e adora participar de provas diferentes. Agora, ela está se preparando para completar sua segunda meia maratona em junho, no Rio de Janeiro (RJ).

Deixe uma resposta