Os pés sofrem bastante durante a corrida, mas eu nunca tinha tido problema com bolhas nos pés. Recentemente, comecei a ter algumas bolhas e foi porque faz um tempo que tenho curtido muito correr sem meia. Essa pratica requer um pouco de tentativa e erro, tem algum modelos que funcionam, noutros não.

E o meu pé tem dois pontos sensíveis, um deles é o arco e o outro o dedinho. Então tenho que prestar muita atenção se algo não incomoda ou aperta nesses dois lugares, senão é incomodo na certa.

Mas o que as causam e como evitá-las? É o que vamos falar no post de hoje 😉

Bolhas nos pés

O que causam bolhas nos pés

Atrito, é basicamente ele que causam as bolhas. A bolha é uma reação da friçcão da pele com o sapato, ou até mesmo com o chão se você resolver andar muito tempo descalço.

A epiderme se descola da derme e esse espaço é preenchido com um líquido de se solta dos vasos da derme, esse líquido incolor ajuda na cicatrização.

Como evitar

Para evitar, o ideal é que se use calçados confortáveis e que não fiquem apertados demais. E também é legal o uso de meias, pois ajuda a evitar esse atrito do calçado com o pé.

Manter os pés limpos e secos também ajudam a evitar.

Tenho bolha, como tratar?

A primeira coisa é: não estourar a bolha. Se você estoura, você acaba deixando a derme exposta e isso aumenta o risco de infecção. Então é melhor não mexer, pois a pele cicatriza, cria uma casquinha e uma pele nova aparece no lugar.

Existem alguns curativos que ajudam na cicatrização como o da Nexcare, específico para o problema. Eu tinha uma caixinha em casa e usei, achei ótimo, pois evitou o atrito com o sapato e melhorou mais rápido.

Claro que se o líquido da bolha não for incolor e você tiver sentido muita dor, o ideal é sempre procurar um médico. 😉

Vocês tem outras dicas para evitar bolhas e tratar melhor nossos queridos pés? Compartilhe nos comentários.

Deixe o seu comentário!