Um tempo atrás, contei aqui no blog o que achei do Veg Protein, o suplemento proteico vegano da Sanavita. Hoje vou falar para vocês um pouco mais sobre o Balance Protein, que é um suplemento feito a base do whey protein tradicional (proteína do soro de leite) e que testei nas duas versões: para atletas de ambos os sexos e na fórmula adaptada especialmente para as mulheres.

Esse produto não é novo no mercado, mas como é bastante conhecido entre a mulherada, achei que valia a pena falar um pouco mais sobre ele para vocês!

Nos dois casos, eu provei os suplementos no sabor baunilha, e achei o gosto bem suave. Em termos de sabor, é um dos mais neutros que já provei, por isso se você curte fazer receitas com whey, esse da Sanavita é uma ótima opção para combinar com frutas, por exemplo. Além do de baunilha, a versão para mulheres também tem no sabor chocolate. (Não provei, mas já vi relatos de que ele é mais doce. Se você já tomou, conta pra gente o que achou nos comentários!)

Se no sabor eles são bem parecidos, na fórmula há diferenças entre as duas versões. Afinal, o Balance Protein não é apenas whey protein, mas um blend proteico que combina diversos compostos. Além de dois tipos de whey (isolado e concentrado), a versão para mulheres (embalagem lilás) traz isolado proteico de soja rico que é em proteínas e isoflavonas, substâncias que agem no crescimento muscular e têm ação antioxidante e reguladora da função hormonal, aliviando sintomas da TPM e da menopausa. Também vem com Osteomix, um complexo de cálcio e vitamina D que atende 50% das necessidades diárias das mulheres em apenas uma porção, além de colágeno hidrolisado, que ajuda na firmeza da pele.

Já a versão para “homens” (embalagem azul-marinho – que, na verdade, é unissex) vem com três tipos de whey (isolado, hidrolisado e concentrado) e também creatina, o que favorece a retenção de nitrogênio e auxilia no crescimento muscular, albumina, colágeno e o Mix Antiox, um complexo antioxidante com vitamina C, selênio e zinco.

Outra diferença é o tamanho da dose e a quantidade de proteína disponível: na versão feminina (sabor baunilha), são 24 gramas de proteína e 3,3 gramas de carboidrato por 30 gramas do produto. Na unissex, são 32,6 gramas de proteína e 2,6 gramas de carboidrato por 40 gramas de produto.

Ambas as versões têm baixa caloria (108 kcal a dose na versão para mulheres sabor baunilha; 149 kcal a dose da versão unissex) e não contêm glúten ou lactose. O preço fica em torno dos 80 reais pela lata de 400 gramas. Não é muito barato, mas se você pensar que ele é um suplemento não só de proteína, mas também de outros compostos que auxiliam nessa recuperação pós-treino, acaba compensando.

A sugestão de consumo é uma dose 30 minutos após o exercício físico, mas é importante você conversar com um nutricionista para ver qual o melhor momento para tomar o whey na sua rotina, de acordo com as atividades que você pratica e os seus objetivos. 😉

Você já provou esse produto? O que achou? Divida suas impressões com a gente nos comentários do post!

Os pés sofrem bastante durante a corrida, mas eu nunca tinha tido problema com bolhas nos pés. Recentemente, comecei a ter algumas bolhas e foi porque faz um tempo que tenho curtido muito correr sem meia. Essa pratica requer um pouco de tentativa e erro, tem algum modelos que funcionam, noutros não.

E o meu pé tem dois pontos sensíveis, um deles é o arco e o outro o dedinho. Então tenho que prestar muita atenção se algo não incomoda ou aperta nesses dois lugares, senão é incomodo na certa.

Mas o que as causam e como evitá-las? É o que vamos falar no post de hoje 😉

Bolhas nos pés

O que causam bolhas nos pés

Atrito, é basicamente ele que causam as bolhas. A bolha é uma reação da friçcão da pele com o sapato, ou até mesmo com o chão se você resolver andar muito tempo descalço.

A epiderme se descola da derme e esse espaço é preenchido com um líquido de se solta dos vasos da derme, esse líquido incolor ajuda na cicatrização.

Como evitar

Para evitar, o ideal é que se use calçados confortáveis e que não fiquem apertados demais. E também é legal o uso de meias, pois ajuda a evitar esse atrito do calçado com o pé.

Manter os pés limpos e secos também ajudam a evitar.

Tenho bolha, como tratar?

A primeira coisa é: não estourar a bolha. Se você estoura, você acaba deixando a derme exposta e isso aumenta o risco de infecção. Então é melhor não mexer, pois a pele cicatriza, cria uma casquinha e uma pele nova aparece no lugar.

Existem alguns curativos que ajudam na cicatrização como o da Nexcare, específico para o problema. Eu tinha uma caixinha em casa e usei, achei ótimo, pois evitou o atrito com o sapato e melhorou mais rápido.

Claro que se o líquido da bolha não for incolor e você tiver sentido muita dor, o ideal é sempre procurar um médico. 😉

Vocês tem outras dicas para evitar bolhas e tratar melhor nossos queridos pés? Compartilhe nos comentários.