Olá, mulherada linda do meu Brasil! 😀

Como está a rotina de vocês? Se você respirou fundo e deu um sorrisinho antes de responder “corrida, né”, toca aqui! Tamo junto!! Hahahahaha…

Já contei que comecei um MBA no ano passado, né? Quando surgiu a oportunidade de fazer esse curso, fiquei muito feliz, claro, mas também tive que começar todo um processo de reorganização da minha vida. O curso que estou fazendo é um pouco mais rápido que a média, levando um ano para ser concluído – o que é ótimo! Mas, em contrapartida, a carga horária semanal é bem acima da de outros cursos desse tipo. Então, todos os planos que eu tinha para 2017 tiveram de ser revistos, não só na vida pessoal como na vida “fitness” também. Afinal, meu tempo livre ficou menor.

Só que eu sou uma pessoa otimista, né? Pensei: imagina, depois que eu me adaptar à nova rotina, vai ser tranquilo encaixar os treinos e tudo mais. O que eu não contava (ou tinha esquecido, rs) é que estudar cansa. Também não leva só o tempo que estamos em sala de aula, envolve muitas horas extras fazendo trabalhos, lendo materiais e preparando projetos para completar as disciplinas.

E eu sou nerd. Mas daquelas muuuuito CDFs. Mesmo. 😛

Ao mesmo tempo, parece que a rotina no trabalho começou a demandar bem mais de mim. Acho que todo mundo está passando por isso em seus empregos: o volume de trabalho só cresce, enquanto as equipes diminuem. Se trabalhar e treinar já são dois pratos difíceis de equilibrar, quando colocamos os estudos nessa conta… piorou!

Mas como sou uma pessoa MUITO otimista (hahaha…), achei que era porque estava precisando de férias. Quando eu voltasse, tudo iria dar certo. Pois bem, voltei para o trabalho, para o MBA, para o espanhol, para os treinos, a arrumar meus lanchinhos de cada dia… E voltei a me sentir atropelada pela quantidade de tarefas versus o pouco tempo livre disponível para concluí-las como eu gostaria.

Pelo menos, a academia do condomínio quebra um galho no meio da correria!

No mundo ideal, eu iria correr mais uma meia maratona ainda nesse semestre e perder uns dois quilinhos no processo. No mundo real, se eu conseguir continuar indo pra academia um número razoável de vezes na semana já estarei mais que satisfeita. Hahahaha…

Todo mundo se cobra muito – e às vezes me parece que nós, mulheres, nos cobramos ainda mais. Queremos ser perfeitas, multitarefa, dar conta de tudo e mais um pouco. Mas não dá! Depois dos 30 então, vish… O corpo pede arrego e nos derruba mesmo. Com força!

Como comentei aqui na época do meu noivado, foi uma fase em que optei por ser mais noiva que corredora. Este mês de fevereiro, enquanto via o tempo escapando das mãos e a frustração crescendo por não conseguir fazer tudo maravilhosamente bem como eu queria (néam?), fiz uma pausa e fui honesta comigo mesma. No ano passado, conquistei muita coisa na corrida, fiz minha primeira meia, emagreci, foi ótimo. Este ano, porém, é hora de focar na vida profissional e me dedicar aos meus estudos, para dar continuidade a alguns planos que tenho para a minha carreira.

Nota mental para 2017: faça menos com mais foco!

Eu quero muito continuar a treinar regularmente, sim. Na verdade, preciso dos treinos, eles são uma válvula de escape importante para mim. Gostaria de fazer outra meia ou pelo menos reduzir meu tempo nos 10k este ano? Sim. Vou conseguir? Não sei. O que eu sei é que vai ser difícil pacas!!! rsrs… Mas espero contar com o apoio de vocês para fazer esse malabarismo e, principalmente, para me cobrar menos perfeição se algo não sair como o esperado.

Tenho que assumir uma verdade: se for pra fazer tudo perfeitíssimo, vou acabar fazendo nada! Então, antes feito do que perfeito, não é? 😉 No final das contas, o que eu quero mesmo é continuar correndo e me exercitando, mesmo que não seja na minha melhor forma, mesmo que sejam treininhos enxutos, no estilo vapt-vupt. Afinal, manter uma vida ativa e saudável apesar da rotina puxada já é bastante coisa!

Quem mais está com esse desafio pessoal para 2017? Como vocês estão lidando com tudo isso? Vamos trocar umas figurinhas sobre nossas experiências e aprendizados nesse processo!

Adidas Runbase em São Paulo, pertinho da USP (Divulgação)

A Adidas relançou suas Runbases no Rio e em São Paulo agora em fevereiro. Os espaços contarão com um calendário recheado de eventos e treinos abertos para os corredores, além dos serviços de armários, vestiários e teste de tênis que a gente já conhece — inclusive o novíssimo UltraBOOST X, feito especialmente para os pés femininos. 😉 No último sábado, 18 de fevereiro, foi o evento aqui em Sampa e fomos conferir de perto as novidades!

Esse relançamento está alinhado com um novo posicionamento global da Adidas no segmento de corrida. A marca está investindo bastante no conceito de comunidades de corredores. Eles entenderam superbem um fenômeno que todas nós que corremos há algum tempinho já experimentamos: você começa meio sem saber o que está fazendo, até encontrar aquele aspecto da corrida que realmente te motiva a encarar os treinos, os quilômetros, toda a preparação para as provas… Começa a perder alguns quilinhos, mudar seu estilo de vida, e isso vai deixando as pessoas ao seu redor cada vez mais curiosas. Quando você vê, começou a contagiar a família, os amigos e até mesmo colegas de trabalho com essa paixão pelo esporte, sem falar nos novos amigos que você faz por causa da corrida. Pronto! Agora você não está mais sozinha, tem toda uma comunidade ao seu redor que não só te acompanha, como te motiva e inspira, e até mesmo quebra alguns galhos para que você possa conquistar suas metas. Não é incrível? E é muito verdadeiro! 🙂

Por isso, em 2017, a marca lança o adidas Runners, que é essa comunidade global formada formada por todos que frequentam as iniciativas da marca no mundo da corrida, seja nas Runbases/Sportsbases ou em eventos de parceiros. Já garantimos a nossa camiseta oficial, rs. 🙂

Com as queridas Drica (Correndo na Viagem), Karina (Corredora da Vida Real) e Giuli Pansera

A Runbase quer ser “a casa dos corredores” e, para que a gente tenha ainda mais oportunidades de nos encontrar e correr juntos, a Adidas vai promover treinos semanais com professores especializados em corrida, palestras e eventos especiais. Nós, mulheres, ainda teremos um dia só nosso na Runbase, os W/Days, treinos mensais exclusivos para a mulherada!

Aqui em São Paulo, a Runbase fica na Rua Engenheiro Teixeira Soares, 715, ao lado da USP, e está com novo horário de funcionamento: de terça a sexta, das 6 às 11 horas e das 17 às 22 horas, e aos sábados, das 6h45 às 12h45. O calendário de treinos semanais ficou assim:

  • Terça-feira
    • 06h10 – Corre Certo – Coordenação e Técnica
    • 07h30 – Foco e Força – Força especial
    • 17h30 – Foco e Força – Força especial
    • 19h00 – Corre Certo – Coordenação e Técnica
    • 20h30 – Protege Aí – Equilíbrio e Estabilidade
  • Quarta-feira
    • 06h10 – Estica o Corpo – Mobilidade e Flexibilidade
    • 07h30 – Canela Fina (HIIT) – Performance + Velocidade
    • 17h30 – Estica o Corpo – Mobilidade e Flexibilidade
    • 19h00 – Canela Fina (HIIT) – Performance + Velocidade
    • 20h30 – Protege Aí – Equilíbrio e Estabilidade
  • Quinta-feira
    • 06h10 – Canela Fina (HIIT) – Performance + Velocidade
    • 07h30 – Estica o Corpo – Mobilidade e Flexibilidade
    • 17h30 – Estica o Corpo – Mobilidade e Flexibilidade
    • 19h00 – Corre Certo – Coordenação e Técnica
    • 20h30 – Protege Aí – Equilíbrio e Estabilidade
  • Sexta-feira
    • 06h10 – Foco e Força – Força especial
    • 07h30 – Corre Certo – Coordenação e Técnica
    • 17h30 – Foco e Força – Força especial
    • 19h00 – Canela Fina (HIIT) – Performance + Velocidade
    • 20h30 – Protege Aí – Equilíbrio e Estabilidade

Todos os treinos têm duração de uma hora e são gratuitos. Os sábados são dedicados a eventos especiais.

Importante: esse calendário pode sofrer alterações sem aviso prévio. Para se inscrever e conferir os treinos da semana, acesse o site www.runbaseadidas.com.br. 😉

Além da Runbase, aqui em São Paulo também temos a SportsBase, inaugurada em dezembro no Parque Villa-Lobos, onde é possível emprestar não só tênis de corrida como também de basquete e chuteiras, além de bolas. A base traz ainda uma estação de ginástica, quadra de futebol society, aulas de corrida, flexibilidade e yoga. Todos os serviços são gratuitos e você pode se inscrever no mesmo site da Runbase.

Já para quem prefere treinar na região do Parque Ibirapuera, a Adidas tem um grupo de corrida em parceria com a loja Velocità que oferece hidratação, pacer e empréstimo de tênis “estendido” (possibilidade de ficar uma semana com o calçado). É necessário fazer cadastro no site da Velocità, ao preço de R$ 99,90 por ano.

No Rio, a Runbase funciona nos mesmos horários e oferece serviços semelhantes ao de São Paulo. A casa carioca fica próximo da Lagoa Rodrigo de Freitas, na Avenida Epitácio Pessoa, em frente ao Parque da Catacumba.

E aí, gostaram das novidades?