Olá, mulherada!

Domingo passado, dia 16, era o nosso último dia no desafio #DesafioRJR2016 e vocês devem estar querendo saber: Como foi? Quais foram os resultados?

ANTES

desafio-cm

Nosso peso quando começamos o desafio: Mari, Ju e Aline

DEPOIS

resultado-mes1-desafiorjr2016

Na mesma ordem da primeira foto: Mari, Ju e Aline. 😉

E as nossas impressões 🙂

aline-perfilAline: Esse último mês foi bem corrido e o que eu tinha planejado não saiu da forma que eu queria. Minha filhas ficaram doentes, o trabalho também ficou pesado e meus treinos foram bem menos do que eu gostaria. A reeducação alimentar, eu também acabei deixando de lado muitas vezes. Eu vou continuar o desafio e o que eu quero melhorar é a parte da alimentação, principalmente não ficar muito tempo sem comer, esse é o meu maior problema. Quando fico muito tempo sem me alimentar, quero comer tudo o que não devo depois.

mari-perfilMari: O desafio começou com muitos deslizes na reeducação alimentar, fazia tudo direitinho durante o dia, chegava em casa e comia tudo que aparecia pela frente. 🙁 Assim na primeira semana não emagreci nada e caiu a ficha, tinha que fazer tudo bonitinho. Consegui me organizar, fiz alguns arranjos, como tomar chá logo após o jantar e beber bastante água, e a fome louca que eu sentia foi embora. \o/ Consegui emagrecer quase 3kg e agora tá ficando um pouco mais fácil. Completei também duas meia-maratonas no período, a Meia de Sampa já contei aqui, o desafio #FilaRio21k conto logo logo como foi. 😀 Os treinos durante este período foram ótimos, mesmo quando surgiu um imprevisto, uma síndrome do piriforme, consegui manter os treinos fazendo alguns ajustes.

E parece que toda primeira semana do desafio algo dá errado por aqui, rs. Completei o desafio #FilaRio21k no domingo e no sábado antes da prova fiquei doente, com uma baita inflamação na garganta. Essa semana começou com corticoide, antibiótico e off de treinos até ontem (quarta). Agora quero voltar com tudo e exterminar mais alguns quilinhos! 😀 Vou continuar com a minha reeducação alimentar, e na academia quero fazer muito alongamento e fortalecimento (pra síndrome do piriforme e qualquer outra coisa não dar as caras) e no parque vou continuar correndo e pedalando. 😉

ju-perfilJu: Junto com o desafio com as meninas, topei participar de outro desafio com meus colegas de trabalho – perder um determinado peso no período de um mês. Participei mais pela brincadeira porque, afinal, meu verdadeiro objetivo era cumprir os treinos direitinho para completar meus primeiros 21k, e não emagrecer. Como previa, não perdi muito peso nesse mês, mas também não consegui ganhar massa magra como gostaria. 🙁 Por isso, agora que a meta de corrida deste ano está cumprida, vou seguir firme no desafio sim, mas com um novo objetivo: fortalecer. Quero dar mais atenção para a musculação e para a dieta. A corrida continua, claro, mas com treinos mais leves e curtos. No escritório, também renovamos o desafio por mais 30 dias e a meta agora é perder 3% do peso corporal – no meu caso, dá cerca de 2 quilos. Será que vou conseguir? No próximo mês, eu conto! 😉

Então… já viram, né? A gente vai continuar no foco aqui. E vocês? Bora pro desafio com a gente? Mês que vem a gente posta novamente nossos resultados. 😉

E não deixem de seguir a gente no Instagram @corremulherada, nós postamos um pouco da nossa rotina no Stories e sempre tem alguma dica. 😉

A Tirolez, uma das marcas mais famosas aqui no Brasil pela qualidade e sabor dos queijos, lançou uma linha especial para quem possui intolerância a lactose ou segue uma dieta com restrição à este açúcar do leite. A linha Zero Lactose conta com cinco tipos de queijos. Recebemos os queijos para provar e contamos aqui o que achamos. 😉

queijos-tirolez-sem-lactose-dieta-reeducacao-alimentar

mari-perfilEu adorei todos os queijos, acho ótima a qualidade dos queijos Tirolez, são todos deliciosos com e sem lactose. Nessa linha nova, achei todos os queijos com o sabor mais sutil e bem levinhos. O queijo minas frescal comi puro e adorei, também comi com geléia e ficou tudo uma delícia. O queijo minas padrão usei como recheio de pastéizinhos assados e toda família amou. O queijo mussarela e o queijo prato usei em lanches, recheio da tapioca e também em cima de macarrão e carnes para gratinar. E o cottage virou meu favorito de todos, porque eu não sou muito chegada nesse queijo, e achei ele bem saboroso, temperei com azeite e ervas e usei como recheio de sanduíches. 😉 Com toda certeza vou continuar consumindo essa linha da Tirolez no meu dia-a-dia, porque consegui atender a todos da família, marido e filho adoraram, não viram diferença. E eu sempre tive aquele problema de ter que comprar tudo em dobro, um pra atender minha dieta e outro pra atender ao gosto deles, rs. Essa linha da Tirolez conseguiu atender todo mundo lá em casa. <3

aline-perfilAqui em casa somos loucos por queijo! Tanto que em poucas semanas, todos os queijos acabaram. hahaha. Gostamos de todos os produtos e como a Mari citou, também achamos mais levinhos e com sabor mais sutil. Achei que não ficou devendo em nada para as versões originais. Os meus preferidos foram o cottage, que é delicioso para comer com torradas, recheio de tapioca e o minas padrão, que eu amo e dá para usar em diversas receitas… ou simplesmente comer com um cafezinho de manhã! Sempre gostei dos produtos da Tirolez e essa linha mantém a qualidade que já conheço e gosto.

 

 

Mais informações sobre os queijos vocês encontram abaixo. 😉

Queijo Minas Frescal Light Zero Lactose

queijo-minas-frescal-zero-lactose-tirolez

De origem tipicamente brasileira, o queijo Minas Frescal Tirolez Zero Lactose é um queijo delicioso, leve e suave. Pode ser utilizado em receitas frias e quentes.

Queijo Minas Padrão Light Zero Lactose

queijo-minas-padrao-zero-lactose-tirolez

O Queijo Minas (Padrão) já era fabricado no século XIX em laticínios do Estado de Minas Gerais. É também conhecido pelo nome de Minas Curado. O sabor do Queijo Minas (Padrão) Tirolez é bem característico. Ideal para consumir no café da manhã, puro ou com pão. Também é delicioso acompanhando doces e compotas. Na culinária é ideal para o preparo de pães de queijo, pasteizinhos, rissoles e outros salgados. Ele é fonte de fósforo, proteínas e cálcio.

Cottage Zero Lactose

cottage-zero-lactose-tirolez

O Cottage é um queijo de origem inglesa. Ele é tipo fresco e possui sabor suave. Aqui no Brasil seu consumo se popularizou principalmente através dos apreciadores de dietas e adeptos a uma vida saudável, já que contém poucas calorias. É consumido com torradas, pães, e pode ser utilizado em diversas receitas.

 

Queijo Mussarela Light Zero Lactose

queijo-mussarela-zero-lactose-tirolez

O Queijo Mussarela tem origem italiana e se popularizou no Brasil sendo amplamente utilizado em sanduíches, pizzas e diversos tipos de receitas culinárias. Possui textura macia, fatiável e sabor realçado; além de ser fonte de fósforo, proteínas e cálcio.

 

Queijo Prato Light Zero Lactose

queijo-prato-zero-lactose-tirolez

O Queijo Prato (Lanche), inicialmente fabricado no sul de Minas Gerais, possuía um formato chato e cilíndrico, que lembrava um prato. O nome permaneceu mesmo depois que passou a ser produzido no formato atual, o retangular. É um tipo de queijo macio, de massa amarela e sabor suave. No Brasil é muito consumido de forma fatiada para rechear lanches e é o segundo queijo mais consumido.

E aí, já experimentou algum? Tem intolerância a lactose?

post_presente